11 de jun de 2019

O PERIGO DOS EMINENTES

A Segundona julga agora um habeas porcus que pede a anulação de uma súmula do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) que determina a prisão automática de condenados na segunda instância. Eventual concessão do Habeas Porcus poderá anular prisões de Lula e outros condenados de somenos importância na Lava-Jato. 

Quem está votando neste momento é o Levianowski. Depois quem vai votar é Gilmuar re/Mendes e, como Minerva, vota a seguir o decano curto, Celso Melloso. Cármen  Lúcida e Edison Frachin, já votaram contra o pedido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário