31 de mar. de 2020

PONTOS A PONDERAR...



01.
QUARENTENA
É tanto bate-boca em torno da quarentena que, quando chegarem a alguma conclusão, já passaram os 40 dias de reclusão para o crime organizado e para a sociedade do bem mal organizada.

02.
O MOSQUEIRO
Todo dia, Bolsonaro faz na saída do Palácio: abre a boca e o mosqueiro cai em cima.

03.
ENTREMENTES...
Em Jerusalém andam descoronavirando o Muro das Lamentações. E eu que sempre pensei que ele era sagrado... Desinfecção não é milagre nenhum, pô.

04.
SINAL DOS TEMPOS
Crivella fará teste de coronamídia-19 depois que sua secretária foi internada com sintomas altamente suspeitos. É o sinal de todos os tempos: secretária gripada, chefe com tosse e muita febre.

05.
ESSA MÍDIA MENDICANTE

À cata da velha e tradicional mídia publicitária a imprensa recrudesce a sua plena liberdade de patrão, fazendo o maior alarido: “Governo de São Paulo anuncia repasse de R$ 100 milhões para desafogar hospitais estaduais. Pô, avisem para eles lá que o problema de São Paulo já não é mais de enchentes nem de afogamentos. O caso sério agora é o novo coronavírus


01.
QUARENTENA
Então tá, quarentena. E então tá, outra vez: expliquem-me por que o número de casos de Coronamídia-19 continua aumentando a cada átimo de segundo?!?

02.
ENTREVISTAS & COMUNICADOS

Não adianta nada Bolsonaro sair à cata de culpados pelos erros que ele próprio comete cada vez que dá de cara com um repórter. 

Bolsonaro precisa entender que os jornalistas não lhe perguntam nada sobre seu governo; eles querem apenas dar-lhe vez e voz para que diga invariavelmente o que jamais deveria dizer. Presidente assim como Bolsonaro, não precisa de entrevistas: basta comunicar oficialmente cada feito de seu governo.

03.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
Você já viu alguma pergunta que preste no contato da Mídia Mendicante com Jair Bolsonaro?!? E já escutou alguma coisa que deleite por parte do capataz da vaca das divinas tetas?!?

04.
ENTREMENTES...

Aqui no Brasil, a esgotosfera joga na rede: “Hospitais privados afastam mais de 500 profissionais por novo coronavírus”.

Devem estar esperando o coronavírus coronavirar por completo para afastar os que ainda estão por lá. Hospital no Brasil é um monumental idoso de altíssimo risco, mas com ares de uma velharia acima de qualquer suspeita.

05.
PAPA PALPITA
O papa alerta sobre ‘genocídio viral’ se o mundo priorizar a economia. Ah, quem tem o Banco do Vaticano por trás, tem as costas largas para espirrar essas palpitações pra cima da humanidade.

06.
GEDDEL FICA
Edson Frachin negou prisão domiciliar para Geddel por causa de conamídia-19. Ah, isso é o que ele diz. Negou mesmo porque Geddel tem sintomas de afanador incurável. Uma vez em casa, infectaria meio mundo.

07.
SOBREVIDA
Quem diria que o Brasil sobreviveria um dia sem futebol?!?

08.
CONAMÍDIA-19, O REMÉDIO
Como dizia aquele empresário equilibrista, à beira da falência há muitos anos: - Ufa! O coronavírus me salvou!

09.
NUNCA ANTES...
Nunca antes na história desse país, uma Secom foi tão inoperante e incapaz de garantir a boa imagem do presidente da República. Bolsonaro não tão ruim assim como a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República deixa transparecer.

10.
COMÍDIA-19
Alardeiam os arautos de Bruno Covas: “A Prefeitura de São Paulo adota medidas para reduzir contágio em sepultamentos”. Tem que adotar medidas é para reduzir os sepultamentos, pô!

11.
JOÃO DE ABADIÂNIA, EM CASA...
A Justiça concedeu prisão domiciliar para João de Abadiânia, outrora João de Deus. Agora vai. Esse cara solto dentro daquela casa dele lá é mais forte do que qualquer denguesinha-chinesa dessas que andam por aí. Basta molhar a mão dele e pronto... Ele passa a lábia no vírus e come o coronamídia.

30 de mar. de 2020

PONTOS A PONDERAR...


01.
PANDEMONÍACOS
O STF faz e acontece em matéria do que pode ou não ser feito no combate ao Coronamídia-19. Sua formação profissional é de vocação pelas ciências humanas; não têm saber científico. Eles entendem é de pandemônio e não de pandemia.

02.
MERITOCRACIA
Taí ó, é nisso que dá um presidente nomear um ministro por meritocracia: agora Bolsonaro não pode demitir o Mandetta do Ministério da Saúde. Política no Brasil, não é para amadores.

03.
BOQUIRROTICE
Não é só porque alguém está presidente nesse país que precisa estar falando pra Deus e todo mundo, todo santo dia. Inda mais quando o presidente é pai dos Filhos do Capitão.

04.
TEMPERANDO
Se destempero verbal fosse um bom ingrediente nas mesas de negociação política, Bolsonaro seria usado como sal e pimenta nos pratos do dia.

05.
JORNALERO-LERO
Que pobreza o jornalero-lero dessa velha Terra de Santa Cruz! Rádios, TVs, jornais só falam, mostram e escrevem sobre o Coronamídia-19 e os vaivens do clima e da temperatura. Já acho até que estou chovendo no molhado.

06.
JORNALISMO?!?
A comunicação social no Brasil virou puro jornalero-lero.

07.
JORNALOURICE
A chamada grande mídia brasileira cai de quatro e sai pastando: é a própria jornaloura burra.

PONTOS A PONDERAR...


01.
NEM QUE ELAS TUSSAM

Na chamada Redentora de 64, não acreditei no proclamado ‘fim de mundo’ e continuei jogando o meu futebolzinho, escutando meus discos e nada mais.

Não se tratou de alienação. O que eu não queria mesmo era ver-me exilado com os degredados Caetanos, Gilbertos Gís e Chicos Buarques que se mandaram daqui para voltar sendo o que são agora.

Hoje, me garanto na Internet, me esbaldo na esteira, uso meus pendrives e não espirro nem que Dilma, Janja e Gleisi tussam.

Então é isso: não é de boa vontade, mas estou de quarentena... Ah, na vida tudo passa.

02.
A CHINA GOSTOU

Tendo em vista o grande número de ‘casos importados’ a China já prepara o mundo para o que chama de ‘grande risco’ de uma segunda onda de Covid-19.

Quer dizer, a ditadura chinesa gostou de soltar a franga: aderiu à onda capitalista do Coronamídia-20 e, com o lucro da nova gripezinha asiática, já anuncia ao planeta Terra mais uma nova atração campeã de audiência.

03.
VÍRUS NO PÉ DO CARA
Cruz, credo, mas eu vejo nesse seu sorrisinho sem graça e decepcionado que o Coronamídia-19 ainda não pegou pra valer no pé daquele canalha que você detesta.

04.
OS INÚTEIS
Com essa coisa de quarentena, isolamento, seja lá o que for, o brasileiro percebe claramente o quanto esses milharais de aspones Lularanjas que foram infiltrados no Estado, não fazem a menor falta à máquina pública. Já podem trocar a quarentena por uma boa centena, seculena ou mileniena.

05.
OS INFILTRADOS
Essa quarentena é um verdadeiro libelo acusatório. Que espanto. Como tem gente inútil infiltrada na máquina administrativa desse país.

06.
O PIOR DE TUDO
O pior de tudo para você nessa quarentena é que o seu patrão já percebeu que você não faz falta nenhuma ao bom andamento da empresa.

07.
A VIÚVA
Sabe aquele ‘colapso’ que o Mandetta falou? Pois, já chegou aos hotéis de todo o Brasil. Ah, sim, já chegou também às salas de cinema, às casas de teatro, de espetáculos e similares. Pô, Regina Duarte nem precisava ter saído da Globo... Não falei que ela era a Viúva Porcina?!?

08.
ENTREMENTES...
Bolsonaro, Guedes e Mandetta continuam em retumbante isolamento... entre eles.

09.
SÓ E MAL ACOMPANHADO

Nesse domingo que já era, carreatas e outros atos de rua pediram o fim do isolamento.

Brasileiro é assim mesmo: comunicativo à beça não aguenta dizer besteira só para os seus botões. Claro que estamos falando dos outros; eu e você somos diferentes.

10.
SALVOS MILHARES DE MILHÕES

Agora surgem notícias de que ‘quase’ 146 mil pessoas estão curadas do novo coronavírus no mundo. Besteira.

A levar-se em conta que todos os que morreram até agora pelo mundo afora bateram as botas por causa do coronamídia-19, justo seria dizer que milhares de milhões de pessoas se curaram de gripe, tuberculose, febre amarela, hanseníase, dengue – essas doenças todas que, da China para cá – viraram coronavírus assim de repente, não mais que de repente.

29 de mar. de 2020

PONTOS A PONDERAR...



TÁ, AS MÃOS... E O RESTO?!?

A desinformação é tamanha nas telas da CNN, Bandnews e Globoidem que, o máximo de esclarecimento que repassaram durante toda esta já velha tarde de domingo é que se deve ‘ficar em casa’ e ‘lavar as mãos’.

Lavar e Secar as mãos - Quartz QualityLavar as mãos, lavar e lavar as mãos. Pô, e os pés, a gente não lava, por que, o que é que essa gente tem contra os pés?!? E as pernas, o peito, as costas, a cabeça, o tronco e os membros, o piruleco e a Chechênia?!? Não boto fé nessa cura milagrosa só pelas mãos e pela prisão domiciliar.

Que porcaria de coronavírus é esse que lavando as mãos ele passa lépido e faceiro?!? Essa de só ficar em casa e só lavar as mãos, é Comídia-19 com acelerada corrida rumo ao Coronamídia-2020.

PONTOS A PONDERAR...


01.
GOLPE
Se o Alcoolúgubre ainda não coronavirou, então era só um golpe de comídia-19.

02.
DESINFORMAÇÃO
Os filhos da pauta tiraram o domingo todinho só para fazer do pandemônio uma comídia-19. Pura deformação de opinião.

03.
O PREÇO DA SECURA
Não dar dinheiro para o jornaluxo que virou jornalixo está custando caro para o governo Bolsonaro.

04.
SHOW DE VIDA FÁCIL

Um domingo inteirinho perdido nas telas das TVs noticiosas: Globonews, CNN Brasil, Bandnews et caterva deram um show deprimente de desinformação sobre o novo coronamídia.

De cabo a rabo, de fio a pavio, a programação virilizou nas telas dos seus canais de ureter mostrando que o avantajado interesse dos seus amos e senhores têm avassaladora preferência sobre as necessidades dos telespectadores.

Foi fantástico o show da vida fácil e leviana que essa pandilha moral e eticamente prostituída já não consegue esconder.

05.
FOLLOW THE EDITORIAL LINE

Para pegar corrupto, Sérgio Moro deu a dica: “Follow The Money”! Pois, aí vai a dica para pegar os manipuladores da opinião pública: sigam nas chefias de redação, os filhos da pauta que mandam seguir a ‘linha editorial’ dos donos da casa. ‘’Follow the Editorial Line’’.

PONTOS A PONDERAR...


01.
OS PODERES DO BRASIL NO BRASIL DE HOJE

Foi a Constituição de 88 que desalojou a imprensa do 4º Poder: decretou a independência do Ministério Público, para inveja e ciumeira da Magistratura.

Desde então, a Promotoria de Justiça é, de fato e de direito, o 4º Poder, enquanto a Comunicação Social vê-se na iminência de se contentar em ser o 6º Poder e olhe lá, posto que o 5° Poder é o temível e irrefreável Governo Invisível – que tem tudo para ser o primeiro, à frente do destrambelhado Executivo, do execrável Legislativo e do paquidérmico Judiciário.

Com tudo isso, o brasileiro já anda morrendo de saudade do tempo em que a sua pátria amada Brasil era um país enfiado no Cone Sul do mundo com três sólidos poderes constituídos: Exército, Marinha e Aeronáutica.

02.
ODIENTA INCITAÇÃO

Jornalista de opinião remunerada, Ricardo Noblat tuitou com tintas de ameaça: “Do jeito que vão as coisas, cuide-se Bolsonaro para que não apareça outro louco como o Adélio”.

Jair Bolsonaro, religiosamente respondão, como se nem presidente fosse, deu-lhe o troco: “Que Deus lhe dê em dobro tudo aquilo que deseja para mim. Amém”.

Respondido o desaforo-intimidação, até que está. Agora só falta instaurar o processo contra o escrevinhador, por odienta incitação ao crime.

03.
QUARENTENA
Ei, por favor... Um Habeas Porcus do Gilmuar!!!

04.
QUARENTENA II
Bem feito, homem que bate em mulher agora vai se contagiar.

05.
INDA QUE MAL PERGUNTE
Por que a mídia mendicante não dá o índice percentual dos que contraíram coronavírus e estão aí, felizes da vida como quem passou por uma gripezinha de verão?!?

06.
VÍRUS
Com um índice de menos de 3% de letalidade, o novo coronavírus não passa de um safado Comídia-19.

07.
A CRISE É...
Coronavírus, teu nome é... Coronamídia-20.

08.
O MÉDICO E O PRESIDENTE
A esgotosfera diz que foi tensa a reunião de hoje entre o ministro Mandetta e o presidente Bolsonaro, sobre o isolamento social. Os urubus da deformação social virilizaram o encontro como uma nova versão de ‘O Médico e o Monstro’.

09.
ALTO RISCO
A Constituição-Cidadã é do grupo de alto risco: é de 88.

10.
MESA DE BAR
- Cadê a garota-prodígio, Greta Thunberg?!?
- Por que?
- É que preciso avisá-la que humanos estão morrendo aos borbotões.
- Ah, ela continua fora da casinha.
- Ei, garçom... A saideira.

28 de mar. de 2020

PONTOS A PONDERAR...



01.
SÁBADO
Porque hoje é sábado / o mundo é parasitário...
Porque hoje é sábado / há um papa solitário

02.
PELA REELEIÇÃO
Quarentena é bom para governador que nunca fez nada e quer reeleição: a culpa da estagnação, do atraso e desmantelo dos estados federativos é do coronavírus.

03.
CORONAVÍRUS
O pior sintoma é o medo. E muito pior que o pior é que os canalhas sabem disso.

04.
CORONAVIRULÊNCIA
Conselho de Ex-Presidentes para fins de Coronavírus. Repito: foi o PT que pariu. Mas, já que a pandilha está se aprecatando, me deu vontade de saber: em qual, ou em quais deles, você aplicaria um coronavírus novinho em folha?!?

05.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
Qual dos ministros supremos feitos nas coxas pela pior safra de presidentes dessa República, tem a cara mais parecida com um coronavírus?!?

06.
ENTREMENTES...
Na Bahia ninguém reclama de quarentena. Tem até paínho batendo palma e pedindo bis.

07.
COMILÃO
O Garanhão de Pelotas é, antes de tudo, um comilão incurável. Quando se senta à mesa, ele quer comer; quando sai com uma dama, ele quer comer.

PONTOS A PONDERAR...


01.
OS PAPARAZZI E O PAPA
Papa Francisco não está com coronavírus, diz a imprensa italiana. Ah, os paparazzi estão bem como o diabo gosta. Podem dizer o que bem entenderem e quiserem. Depois que o papa abençoou o Lulateu da Silva, o papa salva a alma de quem e de quantos ele bem quiser.

02.
LEVANTE A MÃO

E assim é que, quarentena fechada abre-se a porta para a saúde de um novo Aparelho de Estado ao tempo em que, quebrada a sociedade por falta de emprego e de atividade produtiva, entra em estado de coma o governo Bolsonaro e morre a democracia acometida de coronavírus oportunista.

Com o povo dependente de cada governo, desde o governo uno e indivisível que vem do Planalto, até os 27 estaduais e os 5.570 municipais, se revigora e se salva então o socialismo de ocasião, o socialismo protecionista.

O povo vai comer pelas mãos da politicalha. Terá cestas básicas, fichas de consumo alimentar, controle de compras e vendas, casas populares de convivência comunitária...

Coisinhas assim, tipo do que acontece em Cuba, Bolívia, Venezuela e nas comunas da boa e velha Rússia de guerra que hoje até parecem países, mas continuam estados soviéticos.

Coisinhas assim, com o jeito socialista e puro de viver sob as benção do Estado protetor, bem ao gosto da Lularanjada que está fora do poder há apenas um ano e 88 dias, mas morre de saudade do tempo em que roubava e deixava roubar. Quem acha que Bolsonaro tem razão, levante a mão.

03.
BALANÇO
Bolsonaro reúne ministros neste sábado para fazer um balanço da crise do coronavírus. Por favor, não balancem muito. Isso acaba caindo sempre em cima de nós.

04.
CONTABILIDADE FATAL

Os senhores dos anéis contaram: mais de 600 mil casos de coronavírus, mataram 23 mil pessoas, em 201 países. Índice de letalidade do coronavírus: menos de 3%. 

Dengue, influenza, sarampo e febre amarela, qualquer desses pegajosos, matam muito mais que isso. 

No ano passado, só o vírus influenza-A, responsável pela gripe H1N1, matou cerca de duas pessoas por dia aqui no Brasil. Dos 3.430 casos registrados, cerca de 23% resultaram em morte. Foram 796 mortes. Idosos, crianças e pessoas com doenças auto-imunes foram as principais vítimas.

RODAPÉ - Não é que não se deva ter cuidado com esse tal coronavírus, o que se precisa é ter olho vivo e pé ligeiro para os Lulavírus da Silva que não connseguem ter vida saudável fora do poder.

27 de mar. de 2020

PONTOS A PONDERAR...


01.
EUA INDICIAM NICOLÁS MADURO COMO NARCOTERRORISTA

Enfim, dando os trâmites por encaminhados, o governo dos Estados Unidos resolveu indiciar  Nicolás Maduro e a pandilha do regime venezuelano por narcoterrorismo. E não pode ficar só nisso e nem só por isso mesmo. 

Verdade é que, Nicolás Maduro, só se sustenta como ditador da Venezuela, porque tem as costas largas pelo amparo dos generais – comandantes crônicos do narcotráfico que escraviza os venezuelanos e que desmantelou a Venezuela. 

Os generais de lá, não têm qualquer semelhança e nem a menor coincidência com os generais daqui.

02.

AS COMPRAS EM JORNAIS
Bons tempos aqueles em que a gente embrulhava as  compras em jornais. Hoje os jornais embrulham as nossas compras.  

03.
LULADEMEL
O que será que o mestre Cucalulavagem vai fazer hoje na cozinha em mais um dia de comilança nessa Lulademel à moda quarentena.  De sobremesa pode ser um pudim de lulajanja, né não?!?... Se ainda tiver ânimo pra mexer com a colher de pau.

04.
TUCANAGEM

Só que, em vez de dar a cara à tapa, botou a instituição em cima do muro para o tucano cantar de galo. Como é que a gente faz pra dar um tabefe na cara, ou um pontapé nos fundilhos de uma sigla?!?

RODAPÉ – No Brasil da Silva é assim mesmo. Na hora do aperto é das entidades que a politicalha gosta mais. Descoberta a corrupção, o corrupto é a Petrobrás, a Refinaria de Pasadena, o Instituo, a ONG...

Jamais o sujeito do golpe ou da bravata é de carne e osso. Quem arromba o cofre permanece um sujeito oculto. A culpa é sempre do arrombado que não sabe onde foi parar o produto do roubo. Siglas, instituições, não pagam, não bufam e nem podem ir para a cadeia.

PONTOS A PONDERAR


01.
CARAMINHOLAS DO MALA

Ciente de sua pusilanimidade, o chileno-chinelo Mala botou caraminholas na cabeça de Ronaldo Caiado, o Sinhozinho Malta de Goiás, para ser candidato a presidente dessa Republicaricata. Ser vice de alguém, é a única chance do Mala Sepulcro Caiado, não fazer as malas e voltar pra casa com a colinha entre as pernas na próxima eleição.

02.
PARALISA AÍ!
O pior ainda está por vir: a quarentena dos caminhoneiros.

03.
NEM POR MILAGRE
Deododuvido e faço pouco... Quero ver o Brasil aguentar quarenta dias e quarenta noites de estradas desertas. Faz muito tempo que Deus já desistiu de ser brasileiro.

04.
A CABEÇA DE DORIA
Já correm pelos ares de Sampa murmúrios ruminantes pedindo a cabeça de João Doria. Até aqui, o Almofadinha, só fez politicagem e nada por São Paulo. Doria não ganha uma. Vem perdendo a queda de braço até com a Cracolândia.

05.
CORRUPTÔMETRO
Hoje, sexta-feira, 27 de março de 2020, faz um ano e 87 dias que não se tem notícia de uma licitação pública fraudulenta no Brasil.

06.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
Há quanto tempo não se tem notícia de que um dos muitos mais de 300 picaretas do Congresso ‘negociou’ uma CPI qualquer, por fajuta que fosse?!?

07.
UMA BOA IDEIA
Esse Augusto Aras, de quando em vez, dá uma dentro... Agora ele teve a boa ideia de querer usar os R$ 51 milhões daquele Geddel Vieira Lima em hospitais públicos... Que não fique só na ideia.

08.
ANTEPÁTICOS
Se fosse o Jogo da Velha, você marcaria um ‘X’ em que ‘quadrinho’: João Doria, ou Wilson Witzel?!?

09.
UM CABO E UM SOLDADO

A Supremacia Amorcegada tirou uma vez mais os poderes do presidente da República. Tá pedindo um cabo e um soldado, né não?!?

Vou ver se me explico bem: McAurelio, indicado a dedo pelo primo Fernandinho Beira-Collor, atendendo a insistentes pedidos do PDT que vem fazendo Brizola se revirar no túmulo, ‘autorizou’ os governadores a coisas tipo assim fechar divisas, bloquear cargas e até a circulação de pessoas pelo ar, terra ou mar...

Quer dizer o intragável McAurélio arrepiou a Constituição, posto que só a União tem poderes para estabelecer restrições dessa estranha natureza. Que desagradável esse morcegão supremo, né não?!? E assim é que assim ficamos, pois diabo veste capinha Prada e deixamos ficar tudo por isso mesmo.

26 de mar. de 2020

PONTOS A PONDERAR...


01.
O EFEITO DESEJADO
Já mandei meia dúzia de máscaras para o Zé do Breu e outras tantas para o Jean Wyllys, para que eles cuspam à vontade com elas no rosto. Acho que meia dúzia basta para surtir o efeito desejado.

02.
DESMASCARANDO
Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada, dando de cara com a habitual pandilha de repórteres a serviço de sua conhecida exatidão, clareza e concisão: “Pô, vocês dizem que tem que fazer quarentena e ficar em casa... o que estão fazendo aqui na rua?!? Vão pra casa. E sem máscara”. Pronto, desmascarou.

03.
A FUGA

Ontem, depois de levar uma esculachada, até meio que exagerada, do Bolsonaro, o almofadinha João Dória, largou uma de suas frases de efeito para governadores aliados e para o chileno-chinelo Mala Sem Alça: “Pelo que vi e ouvi, cabe a nós salvar o Brasil”.

De cara, pareceu-me que ele estava fanfarronando uma vez mais; depois, eu me dei conta de que ele está mesmo é ensaiando uma fuga com seus comparsas para uma dessas paradisíacas ilhas fiscais, aonde o coronavírus ainda não chegou.

04.
BUSINESS IS BUSINESS
Tema tanto o coronavírus, quanto o álcool-gel adulterado. Em São Paulo já prenderam mais de 30 lobistas operando a favor da disseminação do coronavírus. Quanto maior o número de infectados, melhor para os negócios. Business is business.

05.
PREOCUPE-SE COM O BRASIL

Ando meio cabreiro; meio que com um pé atrás e outro na frente. Pelas contas oficiais, o Brasil tem até aqui, fantástica quinta-feira 26 de março, nada mais do que 2.567 casos de coronavírus e ‘pelo menos’ 60 mortos.

Isso é qualquer coisa abaixo de 3% de letalidade. No ano passado, a capacidade letal da dengue brasileira bateu em 11,7% e a febre amarela chegou a 31%.

Preocupe-se com um país que, tendo vacina contra dengue e febre amarela, não consegue baixar o índice de mortalidade que essas dengosas e febris doenças nacionais apresentam, na mesma proporção em que não despertam um pingo de sua merecida atenção.

Mas é sempre assim, o brasileiro não valoriza o que tem: dengue e febre amarela, são coisas nossas – parece até que não nos causa nenhum temor febril. Sorte do coronavírus que é uma baita, uma tremenda dengue-chinesa...

Fosse o coronavírus uma peste brasileira, um vírus nativo desse nosso céu de anil, ninguém lhe daria bola. Seria como se fosse um reles ‘resfriadinho’, nada mais do que uma ‘gripezinha’.

PONTOS APONDERAR...


01.
COMO ASSIM?!?
Eu só queria saber como é que o mundo ainda é mundo, depois de passar por tantas pandemias pelas quais passou, sem tomar um décimo dos cuidados e das super-precauções que este pandemônio do coronavírus tem exigido de nós, afinal, todos iguais perante a lei da vida.

02.
DESOBEDIÊNCIA REVELADORA
A desobediência geral dos governadores às ordens de Bolsonaro para o combate ao coronavírus mostra que o presidente do Brasil é a rainha da Inglaterra.

03.
NO ORIENTE MÉDIO...
Ó Alá, amém! / Se o vírus explode / Explodo também.

04.
ISOLOU-SE
Bolsonaro não está em isolamento vertical e nem social: optou pelo isolamento presidencial.

05.
CADÊ REGINA?!?
Pô, ninguém mais fala na Secretaria de Cultura. Que saudade da Regina Duarte.

06.
TEMORES
Está mais do que provado, os paulistas não temem tanto o coronavírus, quanto têm medo de João Doria. O cara é um perigo.

25 de mar. de 2020

PONTOS A PONDERAR...



PENA E INDIGNAÇÃO

Estou com pena do Bolsonaro. Seu coração pode até estar redondamente certo quanto aos perigos dessa vida em decorrência do coronavírus andar à solta por aí, mas seu temperamento explosivo acaba atropelando a sua razão.

Estou com pena do Bolsonaro e me remoendo de indignação e raiva dos que torcem pelo ‘quanto pior, melhor’.

Seus opositores já perceberam o temperamento explosivo do Capitão e estão dando vez e voz ao instinto que carregam no seu espírito de porco, muito mais destruidores do que construtores desse país. E assim é e assim vem sendo que eles cutucam o leão com vara curta, cheia de venenos desconstutores.

A falência do Brasil seria a derrocada desse governo que tomou o pote de ouro das mãos ávidas e colossais daqueles que, por mais de três décadas vêm roubando e deixando roubar a pátria amada, Brasil.

Quando já era claro e evidente que o governo Bolsonaro estancara a corrupção e desmantelara o esquema do cretino e putrefato  ‘presidencialismo de coalizão’, codinome do toma lá, dá cá, eis que surge das poluídas nuvens chinesas a Pandemia do Coronavírus.

Foi como dar pão-de-ló para o espírito de porco. Era tudo com o que mais aflitamente sonhava a pandilha de sevandijas que, desde 1985, o Ano de Sarney, até 31 de dezembro de 2018, desconstruiu o país, a família, a sociedade brasileira.

A esperança que venceu o medo, logo se perdeu nesses anos de Lulavagem desenfreada, no mais terrível, sistemático e organizado esquema de corrupção da história da humanidade.

Posso estar com pena do Bolsonaro, mas a minha indignação e a minha repugnância por esses, aproveitadores, por esses saqueadores, por esses ladravazes desconstutores do meu país são mais do que oceanicamente maiores; são incomensuráveis, incalculavelmente maiores. 

Resultado de imagem para cuspindo - desenhoRODAPÉ - Vou quebrar a quarentena. Como não tenho febre, nem tosse, nem dores pelo corpo; como não espirro e até respiro muito bem, vou ao encontro do resto da pandilha que ainda vagueia sob os céus brasilienses e ensaiar uma performance tipo assim Zé do Breu pra cima deles. 

Não vai acontecer nada comigo, esses anti-herois republicanos se derretem de medo pernas abaixo. Pode ser apenas uma cusparada, mas vai valer por provocar uma sonora e repugnante borraçada. 

Claro que vou perder o espetáculo: minutinhos depois do evento salivar, quem quiser falar comigo que me procure em casa. Cá estarei à disposição e pra lá de bem disposto.

PONTOS A PONDERAR...


01.
GOLEIRO DA SELEÇÃO

Bolsonaro vai ser o próximo goleiro da Seleção Brasileira: ele defende o indefensável. Não porque esteja totalmente errado, mas simplesmente porque fala do jeito que fala.

Seus aliados e subalternos na Esplanada dos Ministérios fazem das tripas coração para remendar os furos que, como papagaio do pirata Donald Trump, ele deixou no tecido político-social.

Como goleiro do Tite, um Luladino fanático, se Bolsonaro não brigar com ele, o Brasil vai se classificar fácil para a Copa do Mundo no Qatar e sem levar um golzinho sequer.

02.
BATE-BOCA
Como todo mundo já estava careca de saber, a vídeo conferência desta quarta-feira do presidente Bolsonaro com o governador de São Paulo, João Doria, virou vídeo-bateboca. Nenhum dos dois resolveu porcaria nenhuma.

03.
DAS TRIPAS CORAÇÃO

Com um tremendo jogo de cintura, Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde, disse ver “grande colaboração da fala do presidente”.

Referia-se ao pronunciamento de ontem quando Jair Bolsonaro atacou um ‘confinamento em massa’ da população, que vem sendo cometida em vários estados por seus respectivos, digamos, governadores e não proprietários.

O ministro da Saúde disse que essa medida deverá ser estudada em conjunto com a pasta, dependendo da evolução da epidemia do novo coronavírus em cada região. Taí, o médico ortopedista Henrique Mandetta, ao vivo e em cores, com precisão cirúrgica fez das tripas coração.

PONTOS A PONDERAR


DE ENDEMIAS E PANDEMIAS, O MUNDO ESTÁ CHEIO

Endemias, a raça humana já teve que não acabava mais: teve a Peste do Egito, aquela Tifóide – e como tifoideou meio mundo!

Teve a Peste Antonina; a Peste de Cipriano; a Peste de Justiano – acho que essa foi só pra rimar; teve a Peste Negra que todo mundo achava mais chique chamar de Bubônica.

Quer dizer, endemias o mundo já teve até não acabar mais. Agora o que interessa é pandemia.

Pandemia é uma peste que vira pandemônio. Mas dá e passa. Nós, mundanos incuráveis, detestamos tudo que possa nos mandar pro inferno. Daí acharmos que qualquer pandemia é um pandemônio.

É uma loucuraa que dá na cabeça do mundo inteiro. O planeta Terra inaugurou seu primeiro pandemônio com a chamada Pandemia de Cólera: foi o tal de mundo em tempos de cólera. Pelo visto, pura irritação: cólera é coisa bem irada, né não?!?

Essa pandemia já começou meio velha, nasceu em Bengala e de bengalada ela foi acomodar-se na... China.

Depois veio a pandemia Asiática: nasceu na... China. A segunda Pandemia Asiática, foi russa. Eis que então, surge a Pandemia Espanhola. Esta foi das mais brabas: pegava até touro à unha.

Logo veio a Pandemia Hong-Kong. Por acaso, ela surgiu na... China. A penúltima foi a Suína,uma pandemia que pelo santo rito asiático, nasceu na... China.

E assim é que, não temos nada a reclamar, porque por uma tradição de qualidade e naturalidade, a Pandemia do Coronavírus, tenha vindo – por direito consuetudinário – da... China, só para sacudir e despertar o Brasil que já andava pela hora da morte.


SAUDÁVEL REGRESSO
Tá, então, tá. Os saudáveis vão trabalhar. Depois regressam para casa só para contagiar de saúde o seu grupo de risco.

PONTOS A PONDERAR...


DEMOCRACIA FEUDAL

O Brasil é um país feudal. Cada prefeitura é um feudo. Temos 5.570 feudos que nos arrancam os olhos da cara. E dentro de cada um desses 5.570 feudos cabe um curral municipal em forma de capatazia legislativa que sustentam capatazes que se transformam em deputados e senadores.

Brasília é a capital-dormitório dos patrões dessa democracia de gaveteiros.

Somos todos, mais de 200 milhões de camponeses, servidores desses amos e senhores da mais descarada e opressora Democracia Feudal.

PONTOS A PONDERAR


01.
MORREM PELA CURA
A cada dia que passa, a cura mata mais e mais pacientes dessa dengue-chinesa.

02.
EU, CÚMPLICE
Torcendo para Bolsonaro não falar besteira, assim que ele terminou de dizer aquele monte de asneira contrariando, inclusive, tudo que seu ministro da Saúde está fazendo e nos mandou fazer, me senti cúmplice do plano de contaminação em massa que o presidente colocou em prática. Torcer por Bolsonaro, quando ele fala, é um sobres/salto no escuro.

03.
SEM IMITAÇÕES
Por favor, Bolsonaro, a gente sabe o quanto você e o Donald Trump são amigos e parecidos, quase iguais. Mas, não tente imitar seu Grande Irmão do Norte: nos Estados Unidos, dentre 55.330 casos registrados, já morreram 804 de Covid-19.

04.
CRISE NACIONAL
Não demora nada, se o governo não tomar cuidado e nem as devidas providências, os Lulasnos vão transformar a pandemia do Covid-19 na crise nacional do bolsoronavírus.

05.
BOTANDO PRA CORRER
Nunca pensei que a gente veria um dia prefeitos e governadores mandando e desmandando no nosso direito de ir e vir. E, no entanto, me dou conta de que numa democracia de gabinete como a nossa, a gente tem mais é que ajoelhar e dizer amém. Ou então chutar o pau da barraca. Com coronavírus no corpo podemos botar as pessoas e até os políticos pra correr.

06.
MISSÃO IMPOSSÍVEL, OU...
Disse o comandante do Exército, general Pujol: “Vivemos o enfrentamento de uma pandemia que exige a união de todos nós brasileiros”. Inda que mal pergunte: já passou, alguma vez pela sua cabeça, ver o Exército de mãos dadas com os Lulavadeiros?!? Pois, veja a vida com bons olhos: esse é o lado bom da pandemia.

07.
NO SEU MODO DE VER...
Entre um caso de urgência de um lulavadeiro e um bolsovirilizado que chegaram juntos ao hospital de campanha, quem teria atendimento preferencial?!?

08.
EUFORIA MONÁRQUICA
Aquele monarquista brasileiro positivado pelo teste do Covid-19 estava eufórico: “Pô, estou com a mesma doença do Príncipe Charles!”

09.
COM O CHAPÉU DOS POBRES
Caiu na rede: “Parte da indenização da Samarco será usada no combate ao coronavírus em Minas Gerais”. Pronto, lá vai o patrão cumprimentando com o chapéu dos pobres.

10.
O CONFUSO
O Bolsonaro tá confundindo Confúcio com confuso e pandemia com pantomima!


01.
CALAMIDADE PAULISTA
Com a capital dos paulistas com cara de feriado, o secretário de governo do encastelado João Doria, entregou à Assembléia Legislativa decreto de calamidade pública para São Paulo. Com medo da febre alta, a movimentação é baixa.

02.
ENTREMENTES...
Entrementes, no Brasil, o número de casos de coronavírus dobra a cada dois, três dias... À medida que o vírus avança, o país estanca.

03.
MEDIDAS PROVISÓRIAS
Bolsonaro revoga a MP 927 que autorizava dispensa por quatro meses de empregos e salários, ou coisa parecida. Mas vem aí uma nova medida sem os antigos defeitos da primeira. Os defeitos serão novinhos em folha. Há muitos anos que os governos brasileiros só editam Desmedidas Provisórias.

04.
AQUELE ABRAÇO
Pô, o chileno-chinelo Mala Sem Alça, não vai fazer uma visitinha sequer ao coronaviriano Alcoolúgubre?!? Um abraço afetuoso e demorado entre os dois grandes líderes é o que a sociedade mais espera, deseja e quer.

05.
REFRESCO
Espirro e tosse na cara dos outros é refresco. Quero ver na cara deles.

06.
MALA, O ESPERTO
Mala Sem Alça, ainda sem a esperada tosse, manifestou alta febre de colaboração com Bolsonaro no combate ao coronavírus. Na verdade, a alta temperatura popular contra o comportamento da Câmara, foi que levou o gordinho esperto a fingir que vai fazer o que o povo quer.

07.
VICIOU
Vendo e ouvindo o Bolsonaro falar, cheguei ontem à conclusão que ele já não consegue dormir direito sem antes ouvir um panelaço.

08.
A VOZ
Quando fala à nação, o capitão que o presidente ainda guarda dentro do peito, tem a cara e os cabelos de Jair, mas a voz é a mesma de Carlos Bolsonaro, o mais rebelde e agressivo dos Filhos do Capitão.

09.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
E depois que descobrirem o remédio que mata o coronavírus, o que vai ser da vida?!?

10.
PRA JÁ!
É o seguinte: tomar pelo menos 3% das grandes e incomensuráveis fortunas e botar já, já no olho da rua todos os ocupantes de ‘cargos em comissão’ que encarecem e emperram a máquina pública.

11.
CONTÁGIO
Ah, os idosos... Pegaram o coronavírus no contato com os jovens.

12.
AQUI, NÃO
Eu tanto me resguardei aqui pelo condomínio que, desde que começou a onda dos panelaços a favor ou contra pelas maiorias esmagadoras, eu não ouvi um retinir sequer de frigideiras.

13.
JORNALIXO
Impressionante como o jornalismo brasileiro é infeccioso e o pessoal não se resguarda contra ele. Padecemos do mal dos deformadores de opinião: o jornalixo.

14.
APROVEITE E FAÇA!
Sabe aquela coisa maravilhosa que você sempre quis fazer na vida antes de sair desta para a melhor?!? Pois, aproveite agora e faça! Mas eu acho que os entendidos em coronavírus não vão deixar.

15.
ESCRAVIDÃO 2020
Viciado desde pequenininho em liberdade de – credo! – pensamento e expressão, eu nunca pensei que um dia seria escravo da opinião de quem é ignaro convicto na luta contra um reles coronavírus. Tenho seguido à risca o que eles mandam.  

16.
MESA DE BAR
Em um boteco de Brasília, no tempo ainda recente de quando apenas começava a onda do coronavírus:

- Quem matou Celso Daniel?!?
- Os cornopetevírus.
- E quem escondeu o Queiroz?
- Os coroneisvírus...
- Ei, garçom! A saideira.