8 de dez de 2018

DOIS ELEFANTES

Joice, guria exibida; Eduardo Bolsonaro, guri medonho... Quebraram louça e agora bancam dois elefantes numa sala de cristais. Do jeito que a coisa vai, a armação dos generais nesse governo de transição vai passar a ser o efetivo já na estréia do governo permanente. Não adianta agora aveludar o passo dos elefantinhos; o estrago foi feito. Um elefante incomoda muita gente; dois elefantes incomodam muito mais; três elefantes... Alguém tem que avisar aos barraqueiros que elefante é um mamífero proboscídeo e não um mastodonte probosteador.

VAI QUE COLA...

Quando cheguei para ficar em Brasília, há quarenta anos, Joaquim Roriz foi feito interventor do Distrito Federal. Acho que voltei no tempo: Temer nomeou o governador eleito Antônio Denarium como interventor de Roraima. 

E ele, mais que depressa já quer extinguir cargos e fundir pastas. Daqui a pouco, pelas mesmas razões de Boa Vista e adjacências, vai ter interventor em Natal, em Maceió, em Campo Grande. 

Ah se a moda pega... Vai que cola.

A GENTE VAI LEVANDO

Pois é, o Temer não move uma palha e não manda para o lixo da politicalha a cretinice dos deputados que tocam a ''Serenata do Adeus'' permitindo que os municípios ''estourem'' o limite de gastos jogando no lixo sanitário a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Não se distraia: Temer não tem nada a perder. E muito menos quer perder a chance de encher de pedras o caminho de quem vai ficar no seu lugar. 

E a gente aqui vai levando ainda que completamente fora de tom. Tom Jobim: ''Mesmo com toda a Brahma / Com toda a cama / Com toda a lama / A gente vai levando''...

O VASCO  E O RESTO DE BOLSONARO
Nessa fase de montagem do seu ministério, Bolsonaro tem, além dos generais que permanecem calados depois da escolha, dois grande acertos: Sérgio Moro e Paulo Guedes. Essa turma é o Vasco; o resto é o resto.

QUER SER PRESO?!?
Nunca antes na história desse país a OAB foi tão sindicato quanto nesse caso do advogado Cristiano Caiado de Acioli que disse ter vergonha do STF e do Levianowski. Deixou de ser a Ordem para ser o pelego.

FROUXOS DE RISO
O beligerante de araque, João Pedro Stedile está se mordiscando todo de inveja dos Coletes Amarelos de Paris. Sabe que, uma vez mobilizados, os seus exércitos ''bons de briga'' só conseguem mesmo é matar de rir.

O ESTADO BRASILEIRO
A política não deveria ser crime; deveria ser solução. E, porque não é solução, o Estado brasileiro é um estado precário. E porcário.

O CARA É UMA VERGONHA!
Pô, o Lula é o primeiro preso político brasileiro nos últimos 518 anos que não faz greve de fome!
SEM CAFÉ NO BULE

Mobilização como a dos coletes amarelos na França, só quando a liderança vem de baixo pra cima. O PT e seus clubes de esquerda-caviar não têm café no bule para botar mortadelas na rua há muito tempo. 

Toda passeata de sua decantada militância não tem mais que os gatos pingados de sempre fazendo a baderna de costume. 

Nem aqueles blackbostas mercenários, dos tempos dilmáticos querem se juntar batendo Sininho com os exércitos de Stédile, as falanges de Boulos Fecais, os fantasmagóricos movimentos sociais, com os artistas da Rouanet, com as facções dos 'colonos' do MST que nunca plantaram um pé de couve. 

Essa pandilha lulática lutou tanto pelo regime das fraudes que acabou se transformando na própria fraude ambulante. Ambulante, nem tanto. Fraude, apenas fraude, já está de bom tamanho.

NÃO SE DISTRAIA

Amanhã ou depois, se a nossa democracia acertar o passo sob comando das Forças Armadas, ou apenas e tão somente Forças Militares, não terá sido por muito mais do que a mesma rejeição às militâncias lulopetistas que sentou Bolsonaro na cadeira de Presidente da República. 

Será justamente por isso: a dita burguesia, tanto quanto a chamada massa ignara, não aguentam mais qualquer movimento, qualquer aceno, o menor sorriso, a mais comovedora promessa, dessa pandilha de sevandijas que se move sob a voz de comando de Gleisis, Pimentas, Dirceus, Haddads, Gilmuares, Levianowskis, Toffodias, Mellodramas e outros Quasímodos da politicalha e justiçalhada nacional. 

Não se distraia, pois. Se você não se distrair, a rejeição natural e justa a esses excrementos da humanidade evitará o odor fétido que esse extrato social rescende, derrama e exala sobre o nosso País.

Não tenha medo de se deixar contaminar pela rejeição a esses aproveitadores que colocaram o crime organizado no lugar do Estado. A cura é justamente a rejeição. Ela já começou a salvar o Brasil.

RODAPÉ NOS FUNDILHOS - Tá... Mas o tratamento, ainda que aparentemente de choque é longo e demorado.
O ESTADO É LAICO
Apesar da Igreja Católica que vem acontecendo pelo solo fértil da pátria-mãe gentil, o Brasil ainda é um dos maiores países católicos do mundo. Misturar 'evangélicos' de todas as religiões, mais do que com a política, com o governo... não vai dar certo. O Estado é laico. Constitucionalmente, laico. Vêm barafunda e pandemônio por aí! 

COISAS DO GÊNERO, OU: O GRITO DA PARTEIRA

Os governos do PT, com o suporte da chamada grande mídia patrocinada com dinheiro público, botaram na cabeça da sociedade que, em princípio, todos têm dúvida quanto a sua masculinidade ou feminilidade. 

Quem não larga tudo de lado para pensar e falar nessas coisas do gênero, então é porque '''é contra''. 

Resultado de imagem para pezinhos de bebê
Pô, eu sou do tempo em que a parteira só de olhar pra mim disse pra minha mãe: "Bolas!... É homem''.

Ah sim... Naquele tempo, o filho da vizinha foi batizado Pedro e mesmo para os mais íntimos, nunca se chamou Cassandra. 

Os governos do PT - que aparelharam escolas, universidades, ministérios, institutos, sindicatos e o escambau a quatro - pegaram o Brasil distraído e pautaram o assunto, como se todos fossem indecisos quanto ao seu gênero, grau e número. E quem não for, então é contra; é preconceituoso.

E assim é que hoje, o bonito é quando o homem se perde pelas incertezas e a mulher se acha pelas dúvidas. De minha parte, ainda me lembro do grito de Dona Maria, a parteira: "Bolas! É homem. Faz xixi no mundo, guri, faz!"... E eu fiz.
ENTREMENTES...
Nos estertores de sua intimorata vida de aparelhamento de tudo quanto é instituição que pode alcançar, o PT mira a presidência da OAB nacional e de suas ramificações pelo país afora. Acha que ''não tá morto quem peleia''. Quer porque quer fazer da OAB um sindicato. E daqui e dali, vem conseguindo.

CÂMBIO, DESLIGO
O dólar encerrou a semana em alta. Ficou em R$ 3,90. Não chegou nem aos pés do preço do litro da gasolina que vale mais que duas latinhas de cerveja. Algo vai mal nesse país.

RECEITA
Mais de 60 mil pessoas caíram na malha fina da Receita Federal. Tá, e quantos escaparam da malha grossa?!? 

QUER SER PRESO?!?
Repita comigo: Levianowski você é uma das vergonhas que fazem do STF uma vergonha!

A REFORMA
A grande reforma que ninguém viu nesse país é que, antes dos evangelizadores Macedo, Malafaia, Damaras Alves, o Estado era laico. 

NO LUGAR DE SEMPRE
João Doria diz que ''novo PSDB'' vai apoiar iniciativas de Bolsonaro. Geraldo Alckmin, aquele que ainda fala, diz que PSDB quer afastamento de tucanos que aceitarem cargos no governo.E assim é que ficando com um pouquinho de cada um, os tucanos ficam onde sempre estiveram: em cima do muro.

AZARÃO
Corinthians anuncia o retorno do técnico Carille. Grande coisa. O Corinthians não vai ter cura, enquanto o Lula, Pai da Urucubaca, ainda tiver televisão lá na cadeia.

DE AMOR E GRAÇA
O Clube de Advogados Graciosos de Lula, bateu todos os recordes de derrotas em habeas porcus. Perdeu todos: mais de 140 habeas. Isso não é nada, o que causa espanto é que eles tenham tanto denodo e empenho, sem ganhar um centavo de honorários advocatícios. E vai ver que nem as custas processuais eles cobram.

POBRE SENADO
Fernando Beira-Collor entra na disputa pela presidência do Senado. Por si só, essa notícia já seria um insulto à lisura de qualquer processo eletivo a qualquer cargo numa República que se diga democrática e se respeite... Quando se sabe que a disputa é com Renan Calheiros, então o insulto toma as feições de um soco na nossa cara.

7 de dez de 2018

PONTOS A PONDERAR

01.
BARRAQUEIRA?!?

Mas o que é mesmo que essa Joyce Hasselmann tá pensando que é?!? Ela ainda nem é senadora, ofício que não recomenda grandes dignidades a ninguém. Joyce vai ser diplomada senadora, porque quando se lançou a governadora de São Paulo, deu com os burros n'água e foi redondamente reprovada. 

O fracasso na busca pelo poder subiu à cabeça da aprendiz de camarista. Batendo boca assim ela ensaia desde já a transformação do Senado em um barraco.

02.
UM POÇO DE MÁGOAS
Magno Malta a quem interessar possa: "Damares não é indicação minha". Claro que não. O indicado de Malta seria Magno.

03.
NA LATA
Lula insistindo no mantra: "Bolsonaro só foi eleito porque eu não concorri". E aí levou de Bolsonaro nos dedos e na lata: "Só não concorri com Lula porque ele está preso". 

04.
O COISA COM CARA DE ABJETO

Bateu saudade dos holofotes e Gilmuar mandou soltar mais um: dessa vez foi o ex-secretário de Cabral preso na Lava Jato. Wilson Carlos foi preso em novembro de 2016 por ordem de Marcelo Bretas. 

Esse habeas porcus foi mais um pirraça do coisa com cara de abjeto: Wilson Carlos tem mais duas condenações no lombo; uma do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e outra do TRF-4, de Porto Alegre. O meliante vai continuar na cadeia. E o Coisa... com cara de abjeto.

RODAPÉ NOS FUNDILHOS - Do Gordo Renato, meu mano, filósofo de balcão que se apressou em nos deixar: "Assim como são os coisas, são os abjetos".

PONTOS A PONDERAR

01.
BASE DE GOVERNABILIDADE

Bolsonaro encastelou nos postos mais estratégicos de seu governo base de expertise militar tão numerosa quanto sólida o bastante para combater e dizimar as legiões de ''assassinos de reputações'' que já começam a entrar em ação. 

As trincheiras mais perigosas de resistência ao seu governo - Congresso Nacional, casamatas de terceira e quarta instância do Judiciário, partidos políticos e instituições pelegas - estão sob a alça de mira dos especialistas em combate corpo-a-corpo, distribuídos pelas casamatas da Esplanada dos Ministérios.

RODAPÉ - Para quem sempre sonhou com a chamada ''intervenção'', ainda não é esse o caso. Ainda não.

02.
VOCÊ SABIA?!?..
Não há quarta instância de Justiça em nenhuma outra democracia no mundo.

03.
QUER SER PRESO?!?
Não há democracia em um país, qualquer país, que tenha seu destino como prisioneiro de 11 ministros supremos.

04.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
Que tipo de brasileiro consegue pagar os custos advocatícios do seu ''mais amplo direito de defesa'' enquanto é ''inocente até prova em contrário''?!?

05.
FORO ESPECIAL
É uma vergonha. É a prova provada da mais aviltante e descara desigualdade social.

06.
QUER SER PRESO?!?
O Supremo Tribunal Foderal é uma vergonha!

07.
IMPEACHMENT PARA LEVIANOWSKI
O advogado Modesto Carvalhosa está entrando no Senado com petição de impeachment do Levianowski. Por abuso de autoridade. O pedido é também para que o caso seja mandado diretamente para o plenário da chamada Câmara Alta da República.

08.
QUER SER PRESO?!?

Sabe por que mais de 200 milhões acham o STF "uma vergonha"?!? Simplesmente porque o STF perdeu a reputação. É o valhacouto de 11 agentes de justiça, escolhidos a dedo pelos piores presidentes que qualquer democracia tenha merecido ou padecido nesse País. 

Mais do que a obrigação de servilismo por gratidão aos seus patronos, esse conjunto de luminares, sem concurso e sem comprovação de 'notório saber jurídico' é portador de um histórico de abusos de poder e excesso de vaidade e prepotência que lhe cassou a própria autoridade, o respeito e a dignidade. 

09.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
Fernando HaHaHaddad que se dizia Lula, está sendo processado. Se ele for condenado, você acha que ele deveria ser preso na mesma cela do Lula?!?

10.
QUER SER PRESA?!?
Ei, ministra Cármen Lúcida, o STF é ou não é uma vergonha?!?

11.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
Cadê você, coronel Laranja-Lima do Michel Temer?!?

12.
VERRUGA OU ENFEITE

Em sua melancólica e perigosa 'Serenata do Adeus' os parlamentares dessa fantasmagórica Câmara dos Deputados botou no colo de Michel Temer, ainda presidente da República Jaburu da Silva, mais um jabuti pernicioso: a lei que livra de punição os prefeitos que gastarem mais do que o previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Mais de 1.800 municípios já ultrapassaram o teto de 60% das receitas. Cabe ao presidente sancionar ou vetar essa arapuca montada para emperrar o novo governo. Temer agora vai decidir se faz daquela excrescência no lombo do zebu uma verruga ou um enfeite.

6 de dez de 2018

PONTOS A PONDERAR

PONTOS A PONDERAR: 
HISTÓRIA MAMELUCA DO BRASIL DA SILVA

CALABAR

Um bom ponto a ponderar na História do Brasil da Silva, é Domingos Fernandes Calabar, um mameluco, parido na vila de Porto Calvo, capitania de Pernambuco, em 1609, pela índia Ângela Álvares por causa e consequência de um português desconhecido e, pelo visto, bem disposto. Pronto, pelo menos isso é certo: Calabar era um mameluco! 

Nada contra, nem a favor;muito pelo contrário. Só sei é que Calabar era mameluco e não mulato. Ele foi batizado na fé em 15 de março de 1610. Foi aluno dos jesuítas e fez dinheiro com o contrabando. Acho até que uma coisa não tem nada a ver com a outra. Mas o bastardo chegou até a tornar-se senhor de terras e engenhos.

Deu-se com ele, o seguinte: Calabar era 'soldado' dos portugueses e foi até ferido em combates travados  pela forças lusitanas. Mas um dia mudou de lado. Isso foi em abril do longínquo ano de 1632.

Calabar por sonhos de poder, luxo e riqueza, traiu seus antigos aliados portugueses e fez pacto com o almirante holandês Jan Lichthart que sabia falar português e já tinha morado em Lisboa. Foi um deus-nos-acuda que o transformou no primeiro grande traidor dessa pátria amada, salve, salve. 

SILVÉRIO DOS REIS
Pois, Joaquim Silvério dos Reis era amigo de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Andava com ele pra cima e pra baixo; eram parças de boas noitadas. E foi numa delas que Tiradentes bebeu todas e contou tudo. Disse para o amigo traíra, às bordas da mesa de um velho e conhecido lupanar, tudo que ia acontecer com o domínio lusitano por aqui, a começar pelas Minas Gerais. 

Silvério dos Reis, informadíssimo a respeito do 'levante' saiu dali rente que nem pão quente e escreveu uma carta de delação ao então governador mineiro, Visconde de Barbacena. 

Na missiva o delator alertava as autoridades coloniais sobre um movimento em Vila Rica, que pretendia proclamar a República e libertar o Brasil de Portugal. A derrama foi suspensa e os principais líderes foram presos.
Como prêmio o delator levou uma certa quantidade de ouro, o perdão das dívidas fiscais, a nomeação para o cargo de Tesoureiro das províncias de Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro, uma mansão para moradia, pensão vitalícia, título de Fidalgo da Casa Real, fardão e hábito da Ordem de Cristo, um encontro em Lisboa com o Príncipe Regente Dom João. 
Tiradentes pagou o porre com a vida: perdeu a cabeça. Foi enforcado e esquartejado. Já Silvério dos Reis foi, além de tudo que abocanhou, o precursor dos delatores premiados do Brasil. 

LULA 
Antes de mais nada, diga-se a bem da verdade que Lula nasceu duas vezes e mais uma. Na primeira vez ele surgiu como Luiz Inácio, em Caetés - sertão pernambucano. Isso foi num terrível outubro de 1945. Depois, nasceu de novo, como membro fundador e presidente de honra do Partido dos Trabalhadores, pelo qual - com muito jogo de cintura - elegeu-se presidente da República em 2002 e foi reeleito em  2006.
Desses dois nascimentos, surgiu  em 1980 a sua terceira e astuta edição: em 1980, foi preso, por esculhambador social na região do ABC Paulista, pelo Regime Militar. 
Já então tido e havido como Luiz Inácio Lula da Silva, ele passou 31 dias encarcerado na sede do Dops, Departamento de Ordem Política e Social em São Paulo. Foi condenado a mais de três anos de cadeia, mas ficou só 31 dias preso. Foi aí que nasceu o terceiro Lula, grande X-9 da História Mameluca do Brasil da Silva.
Durante o que chamava de Ditadura Militar, organizou grandes e insuspeitas greves de operários no ABC Paulista. Mas esse período não é nada, era só disfarce para dizimar, em nome do sigiloso aconchego com os heróis fardados, as verdadeiras mobilizações de pouca civilidade daquelas priscas eras.
Em 1986, elegeu-se deputado federal pelo estado de São Paulo com um recorde de votos, bem como a 'turma dos porões' queria; em 1989 concorreu à presidência da República, perdendo no segundo turno para Fernandinho Beira-Collor, bem como as 'masmorras' não queriam.
Também foi candidato a presidente outras duas vezes, em 1994 e 1998, perdendo ambas as eleições no primeiro turno para Fernando Henrique Cardoso. Mas aí, o País Fardado, tava nem se lixando para o amigo oculto, o cumpanhero da 'caverna'.
Em 2002 veio o nosso 'outubro vermelho'. Empossado presidente da República em janeiro de 2003, Lula acabou com a fome, com a miséria, com o desemprego, com a desigualdade social, com o racismo, com o déficit habitacional, com o preconceito de todos os gêneros, números e graus.
E então, em 2010 teve o descoco de botar um poste no Planalto, chamado Dilmandioca Sapiens, para continuar o destrambelho geral por quatro anos até que ele voltasse em 2014 para arrematar de vez o Brasil que sobrasse do seu programa de poder - um governo que rouba e deixa roubar - só para contrariar as bravatas de Zé Dirceu, o guerrilheiro de festim, cumpanhêro que ele nunca foi visitar na prisão.
Dilmandioca Sapiens, passou-lhe a perna. Traiu Lula, como Lula vinha traindo o País, dentro da lei, pensando em que não deixava pistas, nem brechas com a sua maquiavélica estratégia de ''coalizão pela governabilidade" que, traduzida em miúdos quer dizer apenas ''quanto você quer para ser meu sócio nessa barbada que é o Brasil?!?".
E foi então que, em 2009, surgiu a Operação Lava-Jato e pegou distraído o maior X-9 da História Mameluca do Brasil das Silva. De lá pra cá, a pátria amada, idolatrada, sabe que os dois maiores traidores da pátria... são três. 
A diferença entre Calabar, Silvério e o terceiro é que eles eram traidores e delatores. O terceiro traiu e trai; é da sua natureza. Mas, se é delator... Ah, isso aqueles que sabem, não dizem nem que a Dilma tussa. Então, cadê a prova?!? A prova! Cadê a prova?!?

PONTOS A PONDERAR

01.
O MANTRA
Bolsonaro diz que Onyx Lorenzoni sairá do governo se Caixa-2 for comprovado. Pô, isso está me lembrando Lula e Dilma com seu indefectível mantra: - Cadê as provas, cadê?!?

02.
QUESTÃO DE TEMPO
Bolsonaro disse ontem que dar ministério para Magno Malta não é ''adequado'' no momento. Ah, bom. Então fica pra depois.

03.
LEGADO BRASIL LULÁTICO

Estudo do Ministério da Fazenda: Apenas 3% da Previdência beneficia a população mais pobre. Observação do jornal O Globo: Previdência gasta com ricos 12 vezes mais do que com pobres. Pô, e só agora 'descobriram' isso?!? Tá bom assim, ou quer mais? 

Então, tem mais: um, em cada quatro brasileiros, vive abaixo da linha da miséria. Entrementes... Salário mensal dos donos do Judiciário: R$ 39.2 mil. Custo mensal de um deputado ou senador da República e para a República: R$ 182 mil. Salário Mínimo do brasileiro que consegue a proeza de estar empregado: R$ 954.

PONTOS A PONDERAR

01.
A LÍNGUA DE PELOTAS E OUTRAS BARBARIDADES

Hoje, nesta gloriosa quinta-feira, dia 6 de dezembro, a partir das 18 horas, na Uisqueria Berlim, na Comercial 111 Norte, aguardamos você e seus diletos fãs e seguidores para o lançamento brasiliense de ''A Língua de Pelotas e outras barbaridades", coletânea de 14 artigos e reportagens sobre a mais alegremente famosa cidade da porção meridional do Rio Grande do Sul.

O trabalho que mais polêmica despertou na Feira do Livro de Pelotas, recém-encerrada e na qual o livro foi dos mais vendidos, é um mini-dicionário do pelotês, dialeto que, segundo o organizador da obra, resultou "de menáge a trois envolvendo o português arcaico, o francês renascentista e o gauchês mais tosco".

Conforme o consagrado linguista Lawrence Backhouse, o pelotês é o mais sofisticado dos dialetos gaúchos, à frente do carcamaneto, corrente nas pirambeiras ao redor de Caxias do Sul; do magrãolês, linguagem onamatopáica gaguejada em Porto Alegre; do teutotoniquês, parolagem praticada na área de colonização alemã e do gauchês, utilizado nas zonas ainda não civilizadas do Estado.

Ainda segundo Backhouse, conhecido linguista ianque, o pelotês vence em expressividade, riqueza e esplendor até mesmo o inglês de Shakespeare e o grego de Homero. 

Participam do livro os jornalistas Artur Pereira (A primeira noite de um pato), Carlos Eduardo Beherensdorf (Memórias de um recruta encrenqueiro), José Cruz (Paixão Xavante: uma epopeia e uma vitória esquecida) Lourenço Cazarré (O aviador que virou canção), Lúcio Vaz (A contaminação que a ditadura escondeu), Luiz Lanzetta (Os brutos também amam) e Sérgio Siqueira (Como quebrei quatro vezes e sobrevivi para contar a história toda). Alguns do autores participaram da elaboração de 50 tons de rosa - Pelotas no tempo da ditadura, o único livro sobre aquele período horroroso que se lê rindo, conforme assegurou o crítico literário J. A. Severo.

02.
PALOCCI ENTREGA LULA 

Palocci depõe hoje à PF, por videoconferência, como testemunha contra Lula. Vai dizer umas coisinhas sobre compra e venda de MPs, aquela coisa do marketing esportivo milionário de Luís Cláudio, um dos herdeiros de Lula; vai falar um pouquinho disso e daquilo sobre o escândalo dos caças que, primeiro, eram franceses, depois acabaram sendo suecos, mas que seriam fabricados no Brasil... Nada que a Polícia Federal já não saiba. 

Ah, sim... Além de Lula, Palocci vai dedurar também a sua velha chefa Dilmandioca Sapiens e, com mais força ainda vai dar nos dedos de Guido Mantega. 

Nada que os Federais e as torcidas do Flamengo, do Corinthians e da dupla Gre-Nal já não saibam. De qualquer forma, esse pornovídeo vale pelo que vai ser jogado na pá do ventilador.

03.
PERDEU, MANO

Magno Malta nega frustração por ter sido escanteado por Bolsonaro. E ameaça que, daqui pra frente, vai voltar a sua vida de cantor gospel. Diz que vai continuar apoiando Bolsonaro e coisa e tal. Mas todo mundo tá achando meio estranho esse 'chegapralá' do presidente no cara que um dia convidou para ser seu vice e que preferiu ser derrotado como candidato à reeleição como senador da República. Perdeu, Malta. Perdeu, mano.

04.
QUER SER PRESA?!?

E aí então, Dias Toffoli agora quer que a PGR investigue o crime hediondo do jovem advogado aquele que queimou o filme do STF na figura impoluta de Levianowski, no voo da GOL para Brasília. 

Agora, pois, é oficial: Toffodias é cúmplice do Levianowski em mais um carteiraço deprimente e abominável. E ai, da Raquel Dodge se não se empenhar a fundo nesse caso de lesa-pátria que pode abalar os alicerces da nação... Levianowski e Toffoli unidos, jamais serão vencidos e... podem mandar prendê-la. 

RODAPEZINHO NOS FUNDILHOS - Cá pra nós e que ninguém nos leia nem ouça: O STF é uma vergonha, mas a PGR também tá ficando.

5 de dez de 2018

TITE, O MELLODRAMÁTICO
Tite, O Prolixo, está para a CBF, assim como Marco Aurélio Mellodramático, O Pernóstico, está para o STF.
MORO X PCC E CPC

Boto fé no Moro como superministro da Justiça e da Defesa. Dizem os âncoras de antigas caixas de ressonância que ele quer ''asfixiar o crime organizado''. 

É pouco: tem que asfixiar ''os'' crimes organizados: o crime organizado das ruas e o crime organizado que tomou o lugar do Estado. O PCC - Primeiro Comando da Capital é tão perigoso ou menos até que o CPC - Crime Politicamente Correto.

MUSSOLINESCO
Não é que haja prova robusta contra ele, nem é que ele seja culpado, mas a urubuzada está querendo a cabeça de Onyx Lorenzoni porque, pra começo de conversa, ele é antipático. Tem mais jeito de soldado que o Bolsonaro. E um ar assim de Mussolini que a massa ignara não perdoa. 

BICANCA
Bolsonaro deu uma 'rateada' sobre Onyx Lorenzoni, mas acabou falando em usar a sua ''caneta Bic'' em caso de ''denúncia robusta''. Pô, o Lorenzoni que trate de dar uma revisada no seu currículo se não quiser levar uma bicanca nos fundilhos.

O QUE O VEREADOR CARLOS BOLSONARO QUIS DIZER?!?

Chato aquele recado do vereador Carlos, filho de Bolsonaro de que dentre os muitos que querem a morte do seu pai "tem gente muito próxima"... Para maior explicitude, diga-se o que ele disse: 

"A morte de Jair Bolsonaro não interessa só aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto. Principalmente após de sua posse"

Pô, vejam só a história mundial: todo presidente americano que bateu as botas, foi substituído pelo vice-presidente; pela Europa afora e adentro, basta dançar um presidente para o vice entrar no salão. 

Até por aqui mesmo, no Brasil, bolas... Nada menos do que oito dos 37 presidentes que tivemos ao longo de nossa gloriosa história republicana foram vices que assumiram o cargo. A saber e pela ordem cronológica: Floriano PeixotoNilo PeçanhaDelfim MoreiraCafé FilhoJoão Goulart, Zé SarneyItamar Franco e Michel Temer.

Em caso de sumiço de um presidente daqui e dali, o primeiro que aparece é sempre o vice... E afinal, os vices são vices a troco de quê?!? 

Mas, sim, sim... O que é mesmo que o vereador Carlos, filho do Bolsonaro quis dizer?!?

RODAPÉ - Vicissitude de um vice não quer dizer paixão pelo cargo de vice; tem até mais a ver com mudança do que mais nada... Daí, um vice, qualquer vice, todo vice não se importar de deixar de ser vice, por isso ou por aquilo.

PONTOS A PONDERAR

01.
AMIZADE
Magno Malta a respeito de Bolsonaro: "A gente se aproximou na época do kit-gay". Ah, tá. Mas pelo visto não foi namoro, só amizade. 

02.
O ABENÇOADO
O crente Onyx Lorenzoni diz ser uma ''benção'' a investigação sobre o suposto Caixa-2. Só se a benção foi do Malafaia. Ou do Bispo aquele da facada no capitão.

03.
POR QUÉ NO TE CALLAS?!?

Bolsonaro impôs novo silêncio ao general Mourão e limitou o espaço do vice no governo. A
recomendação agora é para que o militar adote uma postura mais discreta e deixe que o presidente eleito concentre os holofotes. 
A diferença entre os dois boquirrotos - Lorenzoni e Mourão - é que Onyx é pedra ungida por Bolsonaro; como vice-presidente eleito, Mourão é vara madura que não cai.
04.
SANTO AGOSTINHO, MAIS TUPINIQUIM DO QUE DEUS É BRASILEIRO
Agora já são 55 milhões de brasileiros vivendo abaixo do nível da pobreza que os mais íntimos podem chamar de miséria. É o legado notável dos governos redemocratizadores que vêm de 1985 com Zé Sarney, passam por Beira-Collor, Itamar, FHC, Lula, Dilma e chegam a Michel Miguel Temer, O Reformador Estagnado. 
Acho que Santo Agostinho é mais tupiniquim do que Deus é brasileiro: ''o supérfluo dos ricos é o que já foi propriedade dos pobres''. 
Mas o que me deixa indignado não é a pobreza dos desempregados; é a esperteza dos 'programas sociais' tipo assim Bolsa Família, Fome Zero, Erradicação do Trabalho Infantil, Luz Para Todos... Essa indústria monstruosa do ócio é que fabrica essa deplorável camada que vive abaixo da linha da pobreza e da miséria.

PONTOS A PONDERAR

01.
''QUER SER PRESO?!?"...
Nunca antes na história desse país uma loka foi tão loka e fascinada pelo poder que se concede, quanto a loka do voo da GOL que mandou prender  por injúria um jovem advogado que lhe manifestava o sentimento de vergonha pela Gaiola das Lokas.

02.
INDA QUE MAL PERGUNTE...

Quando foi que o Leviandowski envergonhou mais você: 

01) quando deu aquela 'carteirada' e mandou prender por 'injúria' o jovem advogado que o filmava num voo da GOL; 02) quando, logo depois, no STF quis adiar o julgamento do cumpanhêro Lula, preso por corrupção e lavagem de dinheiro?!?

03.
PARA SER BEM SINCERO...

Se eu estivesse naquele voo da GOL, lotado de passageiros inertes e alienados, eu diria para o biltre que, egresso de uma sala VIP,  viajava na poltrona da frente, com passagem paga pelo dinheiro público: - Ah, vai te escafeder! 

É que estudei em colégio de padre, onde nome-feio era pecado mortal. Pô, ''vai te escafeder'' não é feio, até que é bonito. E bem aplicado, no caso.

04.
DESSABER JURÍDICO

Levianowski não tem o devido saber jurídico para mandar prender por 'injúria' um cara que dizia ter vergonha do STF, uma instituição e não o babaca que ele queria criticar. 

O crime de injúria, alegado em nota oficial pela muito bem-remunerada retaguarda de comunicação de Levianowski, não se aplica a entidades, a instituições. 

Injúria é ofensa pessoal. De homem pra homem. Só se aplica a pessoas; jamais a instituições, sejam elas quais forem; estejam ou não ''funcionando''. 

Levianowski é um notório dissabor jurídico. Um notável dessaber jurídico.

PONTOS A PONDERAR

01.
QUER SER PRESO?!?
Ei, Lewandowski, você é um baita bobalhão!

02.
TENHO VERGONHA DE VOCÊ!
Pô, você faz de tudo para soltar o Lula e manda prender o advogado que tem vergonha de você?!?

03.
QUANTO VOCÊ QUER?!?

Bolsonaro faz reuniões com bancadas partidárias, mas não com os 'presidentes' dos partidos, como vinha sendo feita desde que FHC inventou o 'presidencialismo de coalizão' e Lula estabeleceu como regra obrigatória. 

Acabou o ''toma lá, dá cá''. Na verdade, a mais completa tradução da ''estratégia da coalizão pela governabilidade'' nada mais é do que o governante de plantão perguntar a seus opositores "quanto você quer ganhar para ganhar dinheiro pra nós?!?".

04.
INDA QUE MAL PERGUNTE
Você teria cara e coragem para sentar numa sala e conversar com Renan Calheiros?!?

05.
ESCAFEDAM-SE!

Aos profetas do Apocalipse, habitantes de alguns dos maiores tribunais de in/Justiça e das melhores e mais amplas salas do Congresso Nacional, que anunciavam o fim da República do Combate à Corrupção, um aviso: a "Sem Limites", 57ª fase da Operação Lava-Jato está nas ruas. 

Como ameaçaria indagando, Ricardo Levianowsk, O Vaticinador: "Querem ser presos?!?". Se não querem... Escafedam-se!

PONTOS A PONDERAR

01.
QUER SER PRESO?!?
A ONU está para o mundo, assim como o STF está para o Brasil... 

02.
O BREVE
Apesar da pose, Onyx Lorenzoni me parece, desde já, o mais breve ministro do novo governo.

03.
JOGO D# VELH#
T#do o q#e é dem#is... Excede.

04.
QUER SER PRESO?!?
Gilmuar, você é uma vergonha!

05.
TRANSTORNO
Gilmuar pediu vistas para 'estudar melhor' o pedido de liberdade para Lula... Qual foi mesmo a parte do processo que ele não entendeu?!? Acho que ele quer que desenhem. Isso é comum em casos de transtorno intelectual. Ou de conflito moral.

06.
A SENTENÇA
Olá, doutora Gabriela Hardt!... A gente mal pode esperar pela sua sentença para Lula no caso do sítio que não é dele nem de ninguém... é de Atibaia. Cometa logo essa injustiça de não inocentá-lo. Ele precisa acusar mais alguém de perseguição política.

07.
SITIO DE ATIBAIA
Pimenta nos olhos de Lula: Hardt.

08.
E DAÍ?!?
Então tá, os Estados estão todos quebrados e mal pagos. E o que foi que aconteceu, ou vai acontecer com os governadores, os prefeitos et caterva que os quebraram?!?

09.
EM FATIAS?!?
Bolsonaro quer 'fatiar' a reforma da Previdência. Dito assim parece que está servindo um bife mal passado para o Congresso Nacional, um típico restaurante macrobiótico. 

10.
INDECISÃO PROPOSITAL

O STF que, em 2016 decidiu em plenário pela possibilidade de cumprimento da pena prisão após segunda instância, agora está inclinado a demonstrar sua bondade infinita admitindo que um condenado tenha seu caso apreciado por mais uma instância. 

O gesto magnânimo remeteria o réu à barra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), antes de ser encarcerado. 

Não conheço nesse país, dentre as ''instituições que estão funcionando'' nenhuma mais miserável e ridícula do que aquela em que o único hábito concreto é a indecisão proposital.

4 de dez de 2018

PEDIU, LEVOU!

Taí, o Movimento Brasil Livre - MBL, só pra chatear, projetou hoje na fachada do Supremo Tribunal Foderal a frase que tanto incomodou o passageiro Leviandowski no voo da GOL: "Vergonha STF".

PONTOS A PONDERAR

01.
PARA AS PROFUNDEZAS DOS QUINTOS

Está chegando ao fim a fase de articulação e montagem do governo Bolsonaro. Dois alvos precisam ser desmontados com a precisão de um robô desarmador de bombas: a Presidência do Congresso Nacional e a Falange Giletoff, no STF. 

Renan Calheiros, é a mosca no Senado; Gilmuar, Levianowski, Marco Aurélio Mellodrama e Toffodias, são o mosqueiro no Supremo Tribunal Foderal. 

O melhor de uma vitória contra eternos inimigos desalmados é não sentir nenhum remorso por tirá-los do caminho e mandá-los para as profundezas dos quintos dos infernos.

02.
FORA, PARTIDOS!
O encontro de Bolsonaro, em Brasília, com políticos das bancadas partidárias foi o selo de garantia contra a influência malévola e venal dos partidos. Foi o carimbo do fim dos 'governos de coalizão'. Pá de cal no evangelical 'é dando que se recebe'.

03.
INDA QUE MAL PERGUNTE...

Se você desse de cara com Ricardo Levianowski no momento de embarque em um voo da GOL, você escolheria qual das duas frases: 

01) O STF é uma vergonha! 
02) Você quer ser preso?!?

04.
DUAS COISINHAS

Duas coisinhas me intrigaram nesse pedido de vista do Gilmuar para o caso da liberdade para o Lula:

01) Gilmuar, deixou de ser o Habeas Ambulante para revelar-se um estudioso retardado de processos de colarinho branco; 
02) a defesa de Lula não tem um pingo de pressa em esclarecer a inocência do seu cliente.


01.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
Ao pedir vistas num processo que, faz tempo, dormitava no balcão da Falange-2 do STF, o Gilmuar é: 01) burro; 02) esperto; 03) um burro esperto?!?

02.
MUAR!
Gilmuar escoiceou o habeas porcus de Lula. Não entendeu o que leu dez ou vinte vezes e pediu 'vistas'... Deve ser para estudar melhor o caso. Que burro, né não?!?

03.
VIU SÓ, LEVIANOWSKI?!?
O STF é uma vergonha, sim! O jovem advogado aquele que você mandou prender estava certo. O STF é uma vergonha! Manda prender o Gilmuar. Ele sequestrou o processo que pedia liberdade para o Lula. 

04.
GILMUAR BEZERROU

Nesta terça, na Segundona do STF, Edson Frachin e Cármen Lúcida foram metendo logo 2 x 0 na cretinice em forma de habeas porcus impetrada, muito mais do que para libertar Lula, condenar Sérgio Moro. 

Foi então que Gilmuar, fez jus ao nome: pediu vistas e adiou o julgamento. Deve ser para o Dia de São Nunca, já que quem não entendeu até agora o bojo do processo, não vai entender nem que a Dilma tussa, ou quando o Zé Dirceu deixar de fatimabezzerrar o governo de Natal, no Rio Grande do Norte. Gilmuar bezzerrou feio.
CONDESTÁVEIS DETESTÁVEIS

Resultado de imagem para LEWANDOWSKI E GILMARLewandowski, o prevalecido que mandou prender um jovem indignado que o distratava retratando-o no celular, e Gilmuar, o Impávido Colosso da Humildade Ambulante, sabendo que agora são minoria na Segundona, queriam levar o julgamento da liberdade de Lula para o plenário. 

Golpistas. 

Eles sabem que só prestam quando podem prestar favores. Se não conseguem servir a seus amos e senhores, são descartáveis e inúteis. Nessas horas preferem ser abomináveis. É quando os dignitários deixam de ser condestáveis para serem apenas detestáveis.


MINHA TPMM, MAS PODE CHAMAR DE MSC
QUE ELA ATENDE

Deixem que eu lhes conte uma coisinha que me atiça a TPMM - Tensão Pré Menstrual Masculina... Essa mesma tal de Segunda Turma da Supremacia Toffodias, deve julgar já no comecinho do promissor ano de 2019, mais um recurso do Clube de Advogados Graciosos de Lula contra o mérito da condenação pelo TRF-4 do governante mais corrupto dos séculos do segundo milênio e desses 18 anos do formidando 3º milênio.


Dá-se o seguinte, já que dez e dez são vinte e o diabo que te pinte: os sanguessugas dos tesouros amealhados gradativa e calculadamente por Lula querem porque querem reverter a condenação, ou - numa outra saída airosa, diminuir a pena do seu inocente constituinte, nosso conhecido e manjado ladravaz.


Resultado de imagem para gilmar com lulaÉ que eles, os graciosos, já inculcaram - sem muito esforço, diga-se a bem da verdade - nos ministreis da Segunda Turma, a notável tese de que a pena atribuída a Lula foi excessiva, porque ele teria sido condenado por um mesmo fato duas vezes – e isso, por lei, é proibido.

O pobre perseguido Lula foi enquadrado maldosamente em corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ora, por causa dessa duplicidade acusatória, para uns que outros ministros seria possível excluir da condenação o crime de lavagem de dinheiro. 

Quer dizer, a tese até que é boa, já que na melhor das hipóteses mostra que Lula é um porcalhão e nem para lavar dinheiro ele presta: se tiver que usar dinheiro sujo, ele usa e tá nem aí para lavar as mãos.

Mas, o golpe dos falangistas malignos que me deixa à beira de um ataque de TPMM é que com a pena total diminuída, Lula poderia ser transferido para o regime semi-aberto, ou até mesmo e muito provavelmente, para a cômoda e confortabilíssima prisão domiciliar.

Então é no meio dessa tremenda crise de TPMM que me descubro e me revelo magnificente para compartilhar com vocês, o maior segredo de Polichinelo: essa tese é de...é de Gilmuar Mendes. 

Imagem relacionadaE o que me provoca borbulhas na TPMM é que de nada vai adiantar que Lula passe o Natal e a virada do Ano na cadeia porque quando o primeiro trimestre de 2019 vier, o cumpanhêro Levianowski se junta a Gilmuar, O Escoiceador, para tudo fazerem em prol da libertação de Lula, O Contraventor Contumaz. 


Minha TPMM, vulgo MSC - Meu Saco Cheio, para os íntimos, voltará então ao ponto do estouro de uma boiada, pela perspectiva sinistra de que à dupla dinâmica, juntar-se-ão solidários e irmanados, os conhecidos birutas aeroportuários mellodramáticos, Marco Aurélio, O Pernóstico e Celso, O Decano Curto, além de outras simpáticas figuras de ocasião tipo assim Fux-Fux, Rosa de Hiroshima e - quem nos dirá que não? - o enigmático Edson Frachin.

Em suma, minhas crises de TPMM, têm tudo para abastecer meus acessos de MSC, Meu Saco Cheio para me manter forte e rijo diante dessa pandilha de sevandijas, posto que saco vazio é que não para em pé.