22 de set de 2018

NOTÍCIA RUIM
A notícia fabricada pelo site 'República de Curitiba' de que Gilmuar sairia do STF se Bolsonaro fosse eleito presidente, é fake. Ô noticiazinha bem ruim essa!

A TEMPORADA
Faltam duas semanas para a eleição. Começou a temporada de 'assassinatos de reputações'. E o pior é que nessa politicalha todo boato tem um fundo de verdade.
VIAJAR
Viajar é tudo de bom. O mundo, as coisas, as histórias têm cheiros que não estão nos livros.
LIBERDADE, LIBERDADE

O então líder sindical Luiz Inácio Lula da Silva em foto de seu fichário no Dops, em 1980Vou contar uma coisinha pra vocês, mas não espalhem pra ninguém: o PT foi fundado em 10 de fevereiro de 1980, porque a Redentora queria que ele fosse 'fundado'. 


Cabalísticos 69 dias depois, Lula foi caiu de boca num calabouço do DOPS. 

Entrou em cana em 19 de abril e saiu da masmorra 31 dias depois, para se tornar o McDonald dos mortadelas daqueles tais Anos de Chumbo.

Inda que mal pergunte: o Cara foi condenado por arruaça e incitação coletiva a três anos e meio de calabouço, em pleno vigor da ditadura. 

Saiu um mês depois e virou ídolo dos guerrilheiros de festim... Que ditadurazinha bem frajola aquela, né não?!?

RODAPÉ - A liberdade sempre tem seu preço. Mas a moeda de troca, não tinha o tilintar da propina. Não tilintava, mas comprava espíritos errantes para transformá-los, sem traumas aparentes e sem medo de serem felizes, nas almas mais honestas desse país. 

Houve uma que se tornou a alma mais honesta do mundo.   
ELEIÇÃO
Uma coisa é fazer saber; outra é saber fazer. Não reeleja ninguém; nem mesmo as sombras desses ninguéns!

ELEIÇÃO
Quem faz saber tem que dizer como sabe fazer. Até agora não vi ninguém dizer como vai fazer. Por enquanto, meu voto é pelo fim do STF. E depois, também.

CAUBÓI & XERIFE
Gilmuar é o caubói Renan do Senado como xerife da Segundona no STF.

DOMINGO
Eu queria ir à missa de corpo presente do Brasil, no dia da investidura de Toffodias na Presidência da República do nosso País. Como diria  Maluf,  "estupra, mas não mata!''. Então, antes ver meu país sendo velado do que vilipendiado.

CIRO, O VITUPERADOR
Em um desses conglomerado eleitoreiros, lá em Algomerado da Serra, cercanias de Belo Horizonte, Ciro botou pra fora o Ciro que ele não pode controlar. Ciro comparou Bolsonaro e Hitler e o chamou de ''nazista filho da puta''. Injuriou, difamou, caluniou e mentiu duas vezes: Hitler não era filho dessa e daquela, nem filho disso e daquilo. Hitler - como dizia meu mano Renato, O Gordo Siqueira, filósofo de todos os balcões: "Hitler era bonzinho; só não gostava de ser contrariado"! E, claro, pagava mais uma rodada para quem estivesse naquela mesa.

O MISSIVISTA
FHC, O Boquirroto: "Escrevi uma carta aos eleitores e eleitoras, não aos candidatos". Ah, escreve logo uma carta para o Lula. Ele já aprendeu a ler e escrever na cadeia.

COISA DE AVÔ

ELEIÇÃO
Uma coisa é fazer saber; outra é saber fazer. Não reeleja ninguém; nem mesmo as sombras desses ninguéns!

ELEIÇÃO
Quem faz saber tem que dizer como sabe fazer. Até agora não vi ninguém dizer como vai fazer. Por enquanto, meu voto é pelo fim do STF. E depois, também.

CAUBÓI & XERIFE
Gilmuar é o caubói Renan do Senado como xerife da Segundona no STF.

DOMINGO
Eu queria ir à missa de corpo presente do Brasil, no dia da investidura de Toffodias na Presidência da República do nosso País. Como diria  Maluf,  "estupra, mas não mata!''. Então, antes ver meu país sendo velado do que vilipendiado.

O MISSIVISTA
FHC, O Boquirroto: "Escrevi uma carta aos eleitores e eleitoras, não aos candidatos". Ah, escreve logo uma carta para o Lula. Ele já aprendeu a ler e escrever na cadeia.

COISA DE AVÔ

Thiago, meu neto uno e indivisível viaja, nesta segunda-feira para mais uma temporada de mochilão pelo exterior. 

Nesta segunda-feira embarca para a China, com escala no Canadá. 

Fica lá por Shangay, Hon Kong, pontes de vidro suspensas e outras escaladicites asiáticas, por coisa de um mês. 

Pelo WhattsApp eu quis saber se estava tudo bem:

- Não esqueceu nada no mochilão, guri medonho?
- Claro que esqueci, vô. Só não sei ainda o que foi.




CIRO, O VITUPERADOR

Em um desses conglomerado eleitoreiros, lá em Algomerado da Serra, cercanias de Belo Horizonte, Ciro botou pra fora o Ciro que ele não pode controlar. Ciro comparou Bolsonaro e Hitler e o chamou de ''nazista filho da puta''. 

Injuriou, difamou, caluniou e mentiu duas vezes: Hitler não era filho dessa e daquela, nem filho disso e daquilo. Hitler - como dizia meu mano Renato, O Gordo Siqueira, filósofo de todos os balcões: "Hitler era bonzinho; só não gostava de ser contrariado"! 

E, claro, pagava mais uma rodada para quem continuasse naquela mesa.
PAÍS DA CORRUPÇÃO
O Brasil já poderia estar muito melhor, mas a Lava-Jato prende e a Falange Giletoff do STF manda soltar.

BRAZIL ZIL ZIL
É de chorar de vergonha: neste domingo Temer viaja para fazer nada na ONU e Toffodias vira presidente do Brasil. E presidente será até terça-feira.

IM/PREVIDÊNCIA
Desemprego derruba a arrecadação da Previdência em mais de R$ 15 bilhões. E a aposentadoria dos velhinhos é que vai quebrar o Brasil.

LEVANTOU O CADÁVER
Só Temer, mordomo dos filmes de vampiro, poderia ressuscitar o PT. A culpa é dele: manteve o país no mesmo caos que Lula e Dilma provocaram.

DIPLOMATA ESPANCADOR

Renato Ávila Viana, o diplomata espancador de mulheres, mesmo envolvido em escândalos com a máfia que vende resultados na UnB, o psicopata virou funcionário de carreira no Itamaraty. Jamais alguém explicou essa aberração. Foi demitido agora pela Lei Maria da Penha. Preso por espancar a namorada pela centésima vez, o canalha pagou R$ 1 mil de fiança e está solto. Pronto pra outra.

21 de set de 2018


PERIGO IMINENTE

Desde o infausto dia 13 de setembro que o STF se tornou um perigo iminente por cair nas mãos do eminente Toffodias. Mas o pior está por vir em dezembro e janeiro: Toffodias será o plantonista. Ele pode decidir monocraticamente tudo que lhe der na telha contra a Lava-Jato. Pode soltar quem bem entender e paralisar qualquer investigação. É quando os brasileiros estarão distraídos com as festanças de mais um próspero e feliz Ano Novo. 

FARSA DOS TUCANOS PARA APOIAR O PT DE SEMPRE

FHC saiu do galho e veio babando com o seu nhenhenhém de sempre e como sempre atrasado. Quer unir os 'nanicos' para botar o tucano no segundo turno. 

Comme d'habitude, o eterno acadêmico da Sourbonne lá do garboso e lendário Quartier Latin de Paris vem com o freio de mão puxado. E com um atraso de pelo menos três meses. 

Se tivessem mandado Alckmin plantar batatas, ao invés de refugarem quem quer que se apresentasse com reais condições de concorrer de verdade nessa eleição, não teriam que passar por esse vexame de fingir uma aliança que, na realidade, só prepara o terreno para apoiarem na prorrogação o candidato do PT, do velho cumpanhêro Lula de sempre.




BRASIL TEM 7.160 OBRAS QUE RECEBERAM DINHEIRO PÚBLICO 
QUE ESTÃO PARADAS

Resultado de imagem para obras paradas no BrasilEntão é assim: só na esfera federal há 7.160 obras que receberam dinheiro público e estão paradas. Pronto, o governo deu a notícia. 

Só não disse é que estão paradas porque a fiscalização é pífia; está fora de controle. 

Só não disse que, quando aparece um fiscal, ele 'entra' no esquema, ou finge que não apareceu, 'para não se incomodar'.

E não é só no rentável ramo das obras paradas que o desleixo funciona. Ontem mesmo, um amigo meu, aposentado, - cheguei naquela idade em que todos os meus velhos bons amigos já estão aposentados - recebeu um telefonema do 'Conselho Nacional da Previdência', informando-o de que tinha mais de R$ 84 mil para receber, 'por cálculos mal feitos pela Previdência'. 

A informante que se dizia advogada identificou-se, deu-lhe o telefone e endereços para contato, caso ele tivesse interesse em receber os 'atrasados'.

Ele conseguiu no Google o telefone do Conselho Nacional e ligou para lá: 61-2021 5113. Atendeu a 'Ouvidoria da Previdência Social'. 

Meu amigo deu os detalhes para a atenciosa atendente. E ouviu a resposta que não o deixava rico para o final de ano: - É fraude. 

Houve alguns segundos de silêncio. E ficou nisso. Esperou um pouco... Desligou. 

A 'Ouvidoria' não quis saber de mais nada; nem mesmo se o aposentado à beira de um golpe queria lhe repassar os dados dos golpistas. É assim que funciona. 

A fiscalização nem chega a nadar e morre na praia. E o Brasil que era o País do Futebol, é há muito tempo o conformado País da Corrupção. E... da conivência por descaso, ou cumplicidade.

ELEIÇÃO
Não poderia dar outra: vão para o segundo turno, pela putrefação da política brasileira, os dois extremos de sempre: o que "Prende e Arrebenta" e o que diz que  "Não rouba nem deixa roubar". Você decide.

20 de set de 2018

DA SÉRIE...

HISTORINHAS DO BRASIL

Um dedinho de nada... Um dedinho de prosa.

Deixem que eu lhes conte um conto sem pular nem aumentar um ponto. O marechal Hermes da Fonseca - aquele que a gente dizia no colégio ter 'uma perna gorda e outra seca' - foi presidente do Brasil até 1914 e oito anos depois, em 1922, pois então, foi preso. 

Mais adiante, aquela formidável Revolução de 30 depôs e prendeu Washington Luís. 

Juscelino Kubitschek foi detido por pouco menos de um mês num quartel de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, pela Redentora de 64. 

Luís Inácio Lula da Silva, não era presidente nem nada mais do que um craque em andar pulando a cerca lá pelo ABC paulista, foi preso em 1980 pela mesma dita Ditadura Militar, como ativista e barulhento líder sindical. 

Lula então foi condenado a três anos e meio de cadeia por uma implicante ''incitação à desordem coletiva''. Lula ficou só 31 dias em cana. 

Vê-se nitidamente agora que aquilo era só um pequeno ensaio para os 12 anos e um mês de cana dura que o breve metalúrgico e eterno líder sindical já está cumprindo na estalagem da PF, em Curitiba.

O conto que eu conto aqui sem aumentar um ponto é que as prisões de Hermes da Fonseca, Washington Luís e JK, o Presidente Bossa-Nova, não têm nada a ver com a prisão que Lula já está curtindo. Aqueles ex-presidentes do Brasil foram presos por questões políticas. 

Lula está preso porque foi julgado e condenado por dois tribunais de Justiça, um singular e outro colegiado, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Mas o conto que lhes conto nessa pequena série de de ''Historinha Brasileira'' é que até hoje não foram reveladas as razões pelas quais, Lula um esfuziante arrombador de portões de fábricas e mobilizador das massas contra a Redentora, ganhou de repente e não mais que de repente, o gozo do puro sol da liberdade depois de apenas 31 dias encarcerado. 

Segundo historiadores anciãos, a proximidade de sua cela com o gabinte do delegado Romeu Tuma, facilitou sua aproximação com o grande-chefe do DOPS Paulista que, não resistiu à verborreia do prisioneiro. 

O quase astuto policial de confiança dos calabouços da ditadura foi, ou fez que foi, na conversa dele e ensaiou ali mesmo, naqueles mesmos encontros fortuitos, o pré-lançamento da ''estratégia de coalizão'' que guardaria nesse título os sinais evidentes de pistas apagadas da primeira edição do que hoje se chama de ''delação premiada''. 

E eis aí então, a magia de um breve metalúrgico barulhento forjar, sem muita prensa, o encolhimento de três anos e meio em ligeiros, lépidos e faceiros 31 dias de cadeia. 

A estratégia da coalizão criava por ali a sua primeira grande e furtiva delação. Nascia - de acordo com o relato de Romeu Tuma Jr. filho de Tumão, O Durão - um delator acima de qualquer suspeita.

Isso tudo se dava e se passava enquanto a turma do Zé, Papagaio do Araguaia, das Marias e Clarices da Val-Palmares, do Zé Guerrilheiro de Festim, da Dilma durona que usava codinomes, faziam das tripas coração e até da sunga algum calção, para escapar incólumes das algemas e do bala-com-bala daqueles que, para muitos, foram os Anos de Chumbo. 

Lula, o camarada que virou cumpanhêro, no sentido inverso dos medos e apreeensões, cresceu e se criou intocável como o grande líder, o Pai de Todos, Fura-Bolo, Mata-Piolho, Seu Vizinho e apenas sem o Dedo Mindinho. 

Peito aberto, fanfarrão, exposto e desafiador, safou-se incólume, naquela dita ditadura. Ditamole, mole. Simples assim.

DODGE ATROPELA GILMUAR, ''O REVISOR DIRETO E UNIVERSAL
DE TODAS AS PRISÕES TEMPORÁRIAS DO PAÍS''

Como já se sabe, Dodge atropelou o habeas porcus de Gilmuar que escoiceou Beto Richa para fora da cadeia.

Raquel Dodge quer a anulação de mais esse alvará de soltura evacuado por Gilmuar – O Jagunço Renan do STF, no mesmo dia em que a Justiça do Paraná transformara a prisão temporária de Richa em preventiva.

Dodge passou por cima do lamaçal de mais esse habeas porcus pernicioso e prepotente que ela mesma, como procuradora-geral da República chamou de ‘’expediente jurídico exótico’’ dos defensores de Richa; uma manobra que resultou no direcionamento do pedido para o ministro Gilmuar Mendes.

Quer dizer, patada certa no balde. Eles sabiam que podiam contar com a chave da cadeia nas  de Gilmuar. É para isso mesmo, para essas Bat-libertações, que serve hoje o Bat-Supremo Tribunal Foderal.

Dodge, concluiu no seu pedido de anulação do habeas porcus dizendo que “caso a decisão agravada não seja revertida, o relator da ADPF 444 será, doravante, o revisor direto e universal de todas as prisões temporárias do país”.

Ela meteu as esporas e deu um tapa sem luvas nas beiçolas de Gilmuar que já deveria ir se acostumando a usar buçal e focinheira, antes de ser maneado no seu curral justicialista, no seu próprio potreiro legal, pela domadora de muares que têm temperamento xucro; que são metidos a indomáveis.
HISTORINHA DO BRASIL
Em 85, quando Sarney assumiu o governo, relaxamos e gozamos. Distraídos nem reparamos que as gangues do MDB, PSDB e PT se apropriaram do Brasil.
NA MARCA DO PÊNALTI
Dia 7 de outubro o Brasil tem que cobrar muito bem o Bolso, ou o poste de Lula pega e não larga nunca mais. 

STF, O PAPA DO BRASIL
Não há democracia que resista a um tribunal de tal força que acabe governando qualquer governo. Eleger presidentes de 4 em 4 anos não adianta nada, diante de um Supremo Tribunal Foderal que é o papa da nação: vitalício e infalível. 

OS PADRINHOS

Cada caso, cada processo, cada inquérito que tiram das mãos de Sérgio Moro, é a prova mais contundente de que a Operação Lava-Jato é a grande referência do combate à corrupção nesse país. 

E cada caso revela a identidade dos padrinhos que acobertam e estimulam a máfia,  o crime organizado que tomou o lugar do Estado brasileiro.

DA MESMA PÁGINA 2


Resultado de imagem para LIVRO DE BENEDITO GONÇALVES MINISTRO DO STJ
Benedito Gonçalves é um ministro que está há dez anos no Superior Tribunal de Justiça. 

Ontem foi o lançamento de um livro escrito justamente sobre esse glorioso e glorificante tempo de Benedito no STJ. 

Benedito Gonçalves é investigado pelo Supremo Tribunal Foderal. 

Havia na festa de lançamento dessa notável obra literária pouco mais de meia dúzia de gatos pingados. Dentre eles, os ínclitos Ricardo Levianowski e Gilmuar Mendes que, amanhã ou depois, mais do que leitores das ah/venturas de Benedito, serão os julgadores desse cidadão acima de qualquer suspeita. 

O GOVERNO MESMO
A Falange Giletoff perdeu o medo de ter medo da indignação da sociedade brasileira. É o governo que de fato, a torto e direito governa os governos brasileiros.

INDA QUE MAL PERGUNTE
Que tipo de réu tem bala na agulha para chegar ao STF?!? 

O STF SALVA OS QUE SÃO MAIS IGUAIS
QUE OS IGUAIS

Só um tipo de réu tem bala na agulha para cobrir-se com o manto protetor do STF: aquele capaz do crime perfeito que não deixa pistas. Ou que as deixa, mas tem autoridade bastante para mandar apagar as suas digitais. 

Chega à instância suprema da Justiça nesse país aquele tipo de criminoso que pode sempre voltar ao local do crime, porque o Supremo Tribunal Foderal inevitável e zelosamente há de perguntar em nome do descarado e safo mais amplo direito de defesa ''cadê a prova, cadê?!?". 

O STF é a rota de fuga da mais alta bandidagem rumo à redentora prescrição. O STF é o altar divinal que, pela protelação de altas custas processuais e incomensuráveis honorários advocatícios, salva as almas mais honestas desse país.

ENTREMENTES...

Estudo do Infopen - Sistema Integrado de Informações Penitenciárias, revela que 40% dos 726 mil presos brasileiros não foram condenados. É que esses mais de 292 mil presidiários não têm bala na agulha para as custas e os honorários de um advogado. Cadê o STF, cadê?!? 

Acho que a Falange Giletoff e seus acólitos não gostam de emitir habeas porcus para quem não tem autoridade nem grana para sustentar tão notáveis e eficazes escritórios de advocacia seletiva. 
ELEIÇÃO
Pouco ou nada adianta eleger um governo nesse país subjugado por um Supremo Tribunal regido por uma falange maléfica. O STF não carece de reforma; é caso de demolição.

19 de set de 2018

ROUBO NO MTb
Desvio de R$ 9 milhões no Ministério do Trabalho. Chefe de gabinete do Paulinho da Força foi preso. Sabe de nada, inocente...

ENGANA QUE EU GOSTO
A Unesco quer usar tecnologia 3D para recriar acervo do Museu Nacional que o fogo comeu. Isso deve levar pelo menos dez anos. Aí então nosso filhos e netos não precisarão mais ir ao Paraguai para conhecer obras de arte e conhecer legítimas imitações de fragmentos de história.

PORTO DE SANTOS
A polícia encontrou uma tonelada de cocaína no porto de Santos. Michel Temer manda avisar ao ministro Barroso lá do STF que não tem nada com isso.

LULA, O FERVOROSO

Resultado de imagem para lula santoLula é um crédulo fervoroso e inabalável. Sua fé move montanhas. Só não move mais aqueles seus 'exércitos bons de briga'. 


Desde 7 de abril que ele continua esperando aquele estouro, aquela comoção, aquela convulsão nacional dos seus exércitos de milhões e milhões de brasileiros que sairiam às ruas clamando pela sua liberdade. 

Suas preces hoje se concentram no altar-mor da Justiça brasileira: o Triunvirato Giletoff que comanda o STF que manda no Brasil. 

Até o Natal, Lula deixa de ser um ídolo de pés de barro, para ser o santo milagreiro que transforma postes em presidentes. O caso de Lula: fé demais.

SEGUNDONA ABSOLVE RENAN

Resultado de imagem para GILMAR MENDES E RENANCALHEIROSO STF votou nesta terça-feira, 11 anos depois de muita averiguação e muita ponderação, pela absolvição do caubói das fazendas fantasmas, Renan Calheiros, naquele caso de peculato por causa de uma longa riscada fora da caixa com a jornalista Mônica Veloso. 


Pronto, Renan foi perdoado pela Segundona do Supremo Tribunal Foderal. 

Mas, perguntem à esposa titular do Renan se ela já o perdoou pelo escândalo... Não perdoou e nem largou o osso até hoje. O jagunço mais finório das Alagoas tem grude na carcaça. Tanto é que ainda há outros 14 inquéritos grudados na cola dele.

PENSANDO BEM...
Em matéria de nauseabundância, Renan Calheiros é tipo assim um Gilmuar Mendes do Senado Foderal.

ELEIÇÃO
Não vote em quem quer fugir da Lava-Jato. São os que roubaram e deixaram roubar.

HADDAD É LULA
Apareceu ontem na TV: Ana Estela é casada há 30 anos com HaHaHaddad, mas só agora sabe que morou o tempo todo com Lula. Quem revela isso é o próprio HaHaHaddad.

HADDAD É LULA
Ninguém, a não ser os marqueteiros lulopetistas, encontraria um jeito melhor para um candidato confessar seu sonho de ser corrupto e especialista em lavagem de dinheiro.

O ESTRAGO
A Procurador-Geral da República quer que o PT devolva a grana preta que torrou com a campanha fake de Lula. Pode até botara a mão nessa dinheirama toda, mas o estrago já foi feito. Além disso, a PGR deveria também mandar consertar.

TRAZ PRA CÁ
Manchete internacional: Esfinge é descoberta em templo faraônico no Egito. Ah, traz pra cá. O pessoal no Rio está reconstruindo o Museu Nacional que o desleixo da reitoria da UFERJ transformou em cinzas.

PGR QUER RICHA NA CADEIA

A Procuradoria-Geral da República quer que Gilmuar reconsidere a soltura estapafúrdia e provocativa de Beto Richa. Não adianta nada, Gilmuar está cada vez mais para o STF, assim como Renan está cada vez mais para o Senado. 

PÁREO FÁCIL PARA O PAPA

Resultado de imagem para Bolsonaro e o papa FranciscoSabe esses cavalos paraguaios tipo assim Álvaro Dias, Amoêdo, Boulos Fecais, Meirelles, Picolé de Chuchu?!? Pois, para ganhar esse páreo eleitoral já no primeiro turno, Jair Bolsonaro precisa converter para si mesmo, pelo menos seis de cada 10 dos eleitores dessa turma do galope.  

A tarefa seria fácil, se Bolsonaro fosse o papa Francisco, torcedor do San Lorenzo de Almagro; Bolso então continuaria usando e abusando da sua franqueza franciscana: “Pensemos muito, muito seriamente, na nossa conversão, para que possamos avançar no caminho da nossa vida”.

18 de set de 2018

FRAUDE 2018: A ELEIÇÃO É FAKE!
Se 'eles' dizem que não; é porque é. Fique atento.


De 1985, de Zé Sarney para cá, que coisa virou esse país... É um mar de lama; puro desmando, corrupção, roubalheira: o crime organizado tomou o lugar do Estado. 

Que coisa esse país... Um oceano de denúncias, mais que consistentes, cheias de provas provadas com pistas apagadas, gravações anuladas e com intensa instabilidade jurídica, desordem e retrocesso. 

Que coisa virou esse país... Um país que, para não dizer-se que cambaleia, diga-se que treme nas bases ao sentir que ''as instituições estão funcionando''. Um país sem programa de governo; uma país refém de formidandos planos de poder.

E a gente vai para uma eleição fake. Um eleição fraude, cuja garantia mais forte de seriedade e honestidade vem de um velho e conhecido ex-servidor advogado do PT, um partido cujo presidente de honra é um preso, condenado a 12 anos de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro. 

Hoje dono do STF - sede dos patrões, amos e senhores do governo brasileiro, este cidadão acima de qualquer suspeita é, por enquanto, em termos de defesa das 'confiáveis' urnas eletrônicas, a voz mais tonitruante, o selo de garantia mais saliente de que não haverá fraude. É o rugir do leão da chácara suprema, avisando que ''a urna não é folclore''; que ''a fraude é fake!''. 

Não haverá fraude, como não houve em 2014 quando, ao apagar das luzes, com a contagem final sob sigilo, a Dilmandioca Sapiens, tal e qual uma ''lenda urbana'', deu a virada para cima do Aécio, neto espúrio de Tancredo Neves. 

Que coisa virou esse país; que coisa virou essa nação... Encaminhar-se-á em ordeira forma de mesóclise para as urnas eletrônicas, como se as suas zonas eleitorais fossem os campos de concentração nazistas. Ou de Guantánamo, nas cercanias de Cocodrilo Verde. 

Vamos embretados para os nossos Auschwitz, Sobibór, Treblinka, apenas não vamos ser exterminados; vamos compulsória e democraticamente exercer a arte da escolha, sem saber o que nos reserva o destino e nem mesmo que futuro nos é reservado.

Vamos em fila tipo atendimento previdenciário, tipo fileira de corredor hospitalar, sem sonhos sonhados, rumo a um porvir que hoje tem o selo de garantia de qualidade justamente daquele que, em 2014, decretou sigilo na apuração das derradeiras urnas eletrônicas ditas indevassáveis... 

Indevassáveis para os cordeiros dos deuses que tiraram o Brasil dos trilhos; dos deuses que roubaram e deixaram roubar esse país. Não há novidade no front. A fraude não é fake. A eleição é fraude. A eleição é fake. Se 'eles' dizem que não é; é porque é!
CUMPANHERISMO
Inda que mal pergunte: em que estrela o cumpanhêro HaHaHaddad se escondeu durante a queda vertiginosa da Dilma no Impeachment?!?

ELEIÇÃO
Eleição com HaHaHaddad é fraude!

SÍNDROME DO AVESSO
Se o HaHaHaddad é Lula, então muito cuidado com tudo que ele disser. Sempre que prometer uma coisa vai fazer outra bem diferente. 
CASA DE MALANDROS

Toffodias deixou de herança para Cármen Lúcia na 2ª Turma, mais de mil processos. Seria ele, o único ministro supremo malandro que não faz a lição da Casa?!? 

Se não é só ele o relapso, se os seus pares e ímpares também têm mais de mil processos na fila de espera, então para o que é mesmo que serve o STF?!?

Resultado de imagem para toffoli e carmen luciaVai ver que a árdua tarefa de governar o Brasil de fato e a torto e a direito, não dá tempo para mais nada aos 11 eruditos, supremos, doutos, vitalícios e infalíveis.

RODAPEZÃO - Fico sabendo agora que Toffodias anunciou que 1.107 processos aguardam julgamento no STF. 

Pô, então o cara era pior que a vaca amarela que fez na panela: tinha abocanhado tudo que era porcaria que tem no mundo. Deixou só 107 casos de somenos importância para os cumpanhêros bons e batutas da Magna Corte. Agora, só por maldade, distribuiu mil deles para Carmen Lúcia. Só assim, ela não vai ter tempo pra fazer mais nada. 


GOVERNO FANTOCHE
Muito menos preocupado estou com o fantoche que será eleito presidente em outubro, do que já estou agora com o governo de fato e a torto e a direito do Triunvirato do STF.

SEM UM PINGO DE VERGONHA

Em novembro de 2016 o plenário do STF consagrou a prisão após segunda instância. Agora, vem o magnânimo Toffodias dizer que vai pautar o assunto ''só em 2019''. Quem é que está pedindo isso?!? Toffodias não tem vergonha de fazer desfeita ao próprio Supremo que hoje preside o Brasil?!? 

CALHAMAÇO
Dentre os mais de mil processos que Toffodias deixou como herança maldita para Cármen Lúcia na 2ª Turma, está o de Gleisi - A Perereca Pálida.

INDA QUE MAL PERGUNTE...
Que tal trocar essas eleições fajutas que o Brasil vem sofrendo desde 1985, por concursos públicos para presidente, deputados, senadores, governadores e, 30 dias depois, para ministros também?!?

17 de set de 2018

SOB NOVA DIREÇÃO
Dê o que der nas eleições de 7 e de 28 de outubro, o triunvirato Giletoff do STF que governa de fato o Brasil vai tirar Lula da cadeia. 

LULA, BAMERINDUS
Ei, Sérgio Moro! Tenho pressa: quando é que você vai condenar o delinquente Lula  pelo crime do sítio de Atibaia?!? Pô, o tempo passa, o tempo voa e o cara continua numa boa?!?

AS CONFIÁVEIS URNAS ELETRÔNICAS

Toffodias garante que as urnas eletrônicas são confiáveis. Em 2014, faltando apurar 3 milhões de votos ele determinou abertura exclusiva das urnas pela central de apurações do TSE que ele então presidia. FHC e sua tucanagem inteira já tinha se mandado para Belo Horizonte para comemorar a vitória de Aécio Neves. 

Deu-se então que antes do galo cantar três vezes, a voz das urnas de Toffodias anunciou a infausta nova: Dilmandioca, president@! 

Os tucanos não abriram o bico; ficaram uma vez mais em cima do muro. A verdade é pura e cristalina: as urnas eletrônicas podem ser confiáveis; Toffodias, não!


LENDA & CALENDAS


Mesmo com a mesada de R$ 100 mil do escritório de advocacia da sua mulher, Toffodias é metido a gracioso. Agora que está de dono do STF faz gracinha à toda hora. 
Ontem disse para os jornalistas que o cercam que “o STF nunca trabalhou contra a Lava-Jato”. E deliciou-se: “Trata-se de uma lenda urbana”. 
Lenda urbana é a cadeia do Zé Dirceu ir para as calendas gregas.
CEGUEIRA DAS VAIDADES

Resultado de imagem para PICOLÉ DE CHUCHUSe um desses institutos de pesquisa resolvesse fazer uma enquete para saber quem seria o rei da fogueira das vaidades, Alckmin seria eleito no primeiro turno disparado. E ainda assim o instituto estaria errado, como sempre. 


O Pastel de Chuchu seria eleito soberano não da Fogueira, mas da Cegueira das Vaidades. Só ele não viu que o João Doria, mesmo sendo o Doria que é, teria pelo menos o dobro das intenções de voto que tem hoje o empacado mala sem alça que governou São Paulo.

AMOR COM AMOR SE PAGA
Se há coisa enjoada, são esses bilhetes falsos do Lula. O último diz que ele diz: "É hora de bater de porta em porta". Se baterem na minha porta, bato no que tiver pela frente.

LIGA DESTRUIDORA
De 1985 até aqui o Brasil foi governado por um idiota fanfarrão 'caçador de marajás' e por presidentes do MDB, PSDB e PT - uma liga destruidora. 

FERAS FAMINTAS
A estratégia de coalizão pela governabilidade, criada por FHC e aplicada por Lula, Dilma e Temer, uniu só o que há de pior no reino dos animais sociais. Devoraram o Brasil.


TORRE DE MARFIM
O STF é um instância inalcançável para os réus comuns. É uma corte reservada só aos mais altos escalões do crime organizado. Uma torre de marfim.

PRESO E CONVICTO
Quem vê o jeito de Lula encarar a cadeia, percebe claramente que ele passou a vida inteira se preparando para a hora de ser preso. É um convicto exemplar.

UMA PÁTRIA LEGAL
Não há mais lugar no Brasil para salvadores da pátria. A base de uma sociedade estável é o respeito à lei. Haddad ao encarnar Lula, pisa em cima da ordem e da legalidade.

EXEMPLO
Parece que o brasileiro não vê: o melancólico fim da biografia de Lula decretado pela Lava-Jato pode servir para aumentar a crença na democracia. 

CADEIA LIBERTÁRIA
Nunca antes na história dessa democracia, uma cadeia como a de Lula, serviu tanto para dar ao povo tamanha sensação de liberdade.
O ENTRAVE
O STF é o grande empecilho ao cumprimento da lei e à execução da Justiça. É o que faz do Brasil um país fora-da-lei. 

GOVERNO SUPREMO
Toffodias, comandando o STF age agora com mais eficácia do que sempre agiu como advogado do PT: só pensa em proteger e liberar os condenados lulopetistas. 

A HERANÇA DE CÁRMEN
Cármen Lúcia ao assumir o lugar de Toffodias na 2ª Turma do STF herdou mais de mil processos que o malandro não julgou. Tinha mais o que fazer defendendo o PT.

O PARCIAL
Toffodias no STF já era um deboche, agora como presidente da Corte é um bufão parcial e inidôneo que tripudia 210 milhões de brasileiros. 

EU SEI O QUE VOCÊ FEZ NA ÚLTIMA ELEIÇÃO...
O Brasil se distraiu e os canalhocratas do Congresso Nacional que fazem as leis em conluio monumental com o presidente de plantão e a mais alta e finória facção do Judiciário, construíram dentro da Constituição-Cidadã de 88, uma das mais poderosas armas de defesa da vilania oficial, voltada contra a sociedade de brasileiros comuns: o Supremo Tribunal Foderal, uma bastilha intocável e intransponível.

Os 11 ministros do STF são portadores de um mar de privilégios nunca dantes navegados por quaisquer outros países do mundo. Seus mandatos são eternos, enquanto durem até os 75 anos de idade de cada um dos seus ungidos.

CHANTAGEM POR GRATIDÃO

São mandatos ganhos de mão beijada, por nomeações políticas que lhes dão total autonomia, afora o rabo que lhes fica preso por chantagem e extorsão fantasiadas de gratidão. Menos isso, os ministreis são mesmo supremos e praticamente intocáveis.

A artimanha é simples: os ditos cujos são escolhidos pelo presidente da república que obedece às vozes de comando dos caciques políticos. Logo depois os indicados passam por uma ‘sabatina’ no Senado. Um a farsa de inevitáveis consequências.

Eles ficam no cargaço - 'cargaço' é um cargo grande - até chegarem aos 75 anos de idade, um limite que lhes garante mais de 30 anos na moleza suprema, com salários estratosféricos e uma penca interminável de regalias. Depois se aposentam com tudo a que têm direito e muito mais.

SUPREMO SALÁRIO-MÍNIMO

Essa Corte Constitucional é a última instância recursal no Brasil da politicalha. E, como se não bastasse, os 11 supralegais ainda bancam os legisladores: isso se dá quando eles revogam leis a seu bel prazer. Agora mesmo, chutaram seus salários-mínimos de R$ 33.763,00 para R$ 39.200,00 que fica bom pra sua tosse.

Essa é uma das caras mais comuns e debochadas da mais alta e mais cara instância do poder judiciário no país. E o que é que a gente pode fazer para acabar com essa gandaia suprema?  Espernear. Mas não muito, porque para isso eles arranjam tempo e mandam prender e arrebentar a gente.

DESBLINDAGEM DE ARAQUE

Os emplumados ministros podem ser julgados por crimes. Ah, se podem! Mas, só nos casos de infrações penais comuns. Aí, então, eles são julgados pelos colegas do próprio tribunal. Nos crimes de responsabilidade, os ministros são julgados – imagine só! – pelo Senado Foderal. Aquele mesmo Senado que os aprovou depois da ‘sabatina’.

Em sendo então assim, vê-se que eles até nem são tão blindados como parecem. Podem ser julgados sim. Mas, ao longo de toda a história do Supremo Tribunal Foderal, nunca, jamais, o Senado processou um ministrel do STF.

Ah, sim, sim... O presidente do Supremo, até mesmo sendo um Toffodias como esse que aí está, é automaticamente o presidente do Conselho Nacional de Justiça.

DESTITUIÇÃO POSSÍVEL

Agora, vamos fazer o seguinte que dez e dez são vinte: vamos pedir a destituição desse cortesão advogado lulopetista não só da presidência como da própria cadeira na Magna Corte. E vamos pedir e pedir e pedir até que ele, quando chegar aos 75 anos de idade, se aposente com o salário-mínimo do STF.


Verdade é que nos sobra muito pouco de democracia e de justiça para aproveitar. O brasileiro tem que parar de dormir em berço esplêndido. Não dá mais para se distrair. Eu sei o que você fez na eleição passada. Se você reeleger alguém, nunca mais fale mais comigo. É só o que posso fazer, por enquanto. 
ELEIÇÃO
Eu vi o que você fez na última eleição! Se repetir, nunca mais fale comigo.

PERIGO IMINENTE
Eleição presidencial é o de menos. O risco Brasil é a eminência do Supremo. Nenhuma democracia no mundo aguenta tamanha supremacia.

16 de set de 2018

ELEIÇÃO
Alô, alô bolsonaristas! Alô, alô, lulopetistas! HaHaHaddad eleito é 'Lula Livre' na mesma hora! E no dia seguinte é Chefe da Casa Civil.  Ide, pois, à luta boa e batuta.

CUMPANHERISMO
Já que você é Lula ''até debaixo d'água'', seria capaz de ir morar com ele na carceragem da PF, para não deixá-lo só e abandonado, por puro companheirismo?!?

AMIGOS, AMIGOS...
Cumpanheirismos à parte... Diga aí, quantos cumpanheros presos e encarcerados, Lula visitou quando estava livre, leve, solto como presidente de honra do PT?!?

CARA DE UM...
Se o Fernandinho HaHaHaddad aqui fora é o Lula para se eleger, o Lula na cadeia é o Fernandinho Beira-Mar para o PT continuar sobrevivendo.

CULPADO
Atenção vocês três da Falange Giletoff! Tirem o Lula da cadeia, senão vai parecer que ele é culpado mesmo.
HERANÇA PETISTA
O PT lida tão bem com a ladroagem que fez o povão esquecer do seu tempo no poder. Parece que Lula e Dilma obedeciam ao Temer que ''tirou milhões da miséria''.

INDA QUE MAL PERGUNTE...
O que é que o capitão, o poste, o picolé de chuchu têm que o Cabo Daciolo não tem para chegar em primeiro lugar no segundo turno?!?

REFORMA CONSTITUCIONAL
Os vermelhos não admitem que a a reforma constitucional não seja reescrita só por canhotos.

RESCALDO
Os pesquisadores encarregados de recuperar os escombros do Museu Nacional, estão intrigados: até agora não acharam nenhum fóssil sarneyziano.

MODA É MODA
Agora só se fala no Bispo que atacou Bolsonaro. É Bispo pra cá; Bispo pra lá... Pô, o Dr. Bumbum caiu de moda.

ELEIÇÃO
Metidos no poço sem fundo dessa eleição, nos sentimos como um menino. Um menino daqueles que se perderam numa caverna da Tailândia. Só um milagre para nos salvar.
HISTORIA
Quando se pergunta quem tem a força, nada mais fácil do que encher o peito e gritar: "O Povo". Mas, aqui no Brasil, o He-Man é o Supremo Tribunal Foderal.

STF, A FUGA
O STF de Toffodias é o caminho mais curto para a fuga de Lula rumo à venezuelização.

A VENEZUELA É AQUI
Lula quer porque quer a venezuelização do Brasil, porque na Venezuela ele não estaria preso.

ELEITO POR MESÓCLISE
Bolsonaro está no segundo turno. Se o cara que se finge de Lula também estiver, Bolsonaro será presidente. A rejeição ao PT elegê-lo-á. 

O PODEROSO CHEFÃO

Nada nem ninguém tem mais poder nesse país do que o STF.  Dos 11 ministros supremos 10 foram ungidos pela trinca MDB, PSDB e PT - uma trinca mais que obediente, submissa aos cerebral apedeuta Lula da Silva. 

Só um dos doutos mandachuvas, justo o Mellodrama, foi escolhido a dedo por Fernandinho Beira-Collor. Quer dizer, Lula é hoje, como sempre foi, o Pai da Manada. Quer dizer, ninguém manda mais no STF do que Lula.

E assim como HaHaHddad hoje é Lula, desde sempre o descuidista Lula da Silva é o STF.
DIGA, SEM PESTANEJAR...
Quem, ou o que tem mais poder do que o Supremo Tribunal Foderal nesse país?!?
INDA QUE MAL PERGUNTE...

Gilmuar soltou tanto bandido, então por que até agora não mandou soltar o Lula: 

01) não solta inocentes, só bandidos; 
02) solta só inocentes; 
03) deixa assim como está, porque acha que assim tá bom?!?

ELEIÇÃO INÚTIL, OU: A CONSAGRAÇÃO DO TRIUNVIRATO SUPREMO

Daqui a 17 dias os brasileiros estarão inutilmente diante das nefandas e indevassáveis urnas eletrônicas para eleger um novo presidente. 


Desde o dia 13 de setembro, o Brasil já padece prostrado diante de um novo governo: o colegiado do Supremo Tribunal Foderal. 

O regime estabelecido é de um abominável triunvirato - Toffodias, Levianowski, Gilmuar - acobertado sistemática e organizadamente por um decano curto Melloso, um piramidal e indecifrável Frachin e pelo pernóstico prolixo, Mellodramático, primo pedante de Narciso, o que acha feio o que não é espelho. 

Ninguém vai governar esse país, a não ser que se submeta com sovina baixeza aos ditames dessa soberba, infalível e intocável Supremacia Encapada. 

Ao elegermos o novo presidente da República Jaburu da Silva, estaremos consagrando a submissão do novo habitante do Palácio do Planalto, sede do governo brasileiro, ao peso e à força do mais poderoso tribunal de donos de uma das mais tristes e enganosas democracias do planeta Terra. 


A eleição presidencial é dia 7 de outubro, mas o ''novo'' governo já está em vigor desde o dia 13 dessa antevéspera da mais vermelha e perniciosa primavera brasileira. 

Dia 7 e, em caso de um segundo turno, dia 28 de outubro, estaremos todos apenas cumprindo o carnê; estaremos todos nós, eleitores, apenas validando um encontro com a democracia dentro da agenda. O presidente eleito, seja lá quem for, será apenas uma espécie de carimbo oficial para o Triunvirato Maligno que já pegou o Brasil para chamar de seu.