19 de mar de 2019

PONTOS A PONDERAR

01.
AS COISAS COMEÇAM A SE INVERTER PARA BETO RICHA

E o ínclito Beto Richa voltou a ser preso. Ele é acusado de corrupção em desdobramento da operação Quadro Negro, que apura desvios de dinheiro público na construção de escolas no Paraná. Se não fosse o Gilmar, ele não precisaria estar pagando esse vexame de ir para a cadeia de duas em duas semanas. 

A Lava-Jato, apesar da Falange Maledetta a serviço do Cartel dos Leguleios, não morreu. Dá pra sentir que, daqui pra frente, tudo vai ser diferente; eles vão ter que aprender a ser gente e que o seu orgulho não vale nada. Nada. 

Te tanto habeas porcus e de tanto dormir na prisão, a coisa pode começar a se inverter na vida desse finório; qualquer dia ele passa de Beto Richa a Reto Bicha.

02.
PEDRA DE TOQUE:
ONYX NÃO QUER A CPI DA LAVA-TOGA

Volta e meia, Onyx Lorenzoni é lembrado pela mídia extrema e dá os seus pitacos. Onyx bancou mais uma vez a pedra de toque: ele não quer a CPI da Lava-Toga. Ele falou cheio de razão para o Estadão:

“Sou o maior defensor da autonomia e independência dos Poderes. O Brasil precisa superar os conflitos da época da campanha eleitoral. Precisa ter um entendimento mínimo. Isso significa os Poderes terem capacidade de dialogar e quem sabe até construir um pacto a favor do Brasil.”.

Pô, esse cara fala com a pose de quem pensa que ainda é o interlocutor do governo.

Independente disso, com a indignação que essa politicalha me provoca, não deixo de ficar nem assim nem assado diante do impasse criado para a instalação da tal CPI da Lava-Toga. Se sair, pode dar até em coisa bem pior que a tradicional pizza parlamentar: pode ser mais um salvo-conduto para a banda bandalha das capinhas do Batman.

03.
ALCOLUMBRE, O RENAN REDIVIVO

Não perco meu tempo com esse tipo de jornalismo de bancada, como é o tal de Roda Viva. Mas, os caras do site O Antagonista têm estômago mais forte e assistiu duas doses pra mamute: o Roda Viva e o Davi Alcolumbre botando banca. 

Lá pelas tantas, o Davi Alcolumbre, como se fosse um Renan Calheiros redivivo, sugeriu cautela a Jair Bolsonaro:

“A gente tem que ser cauteloso com as redes sociais. Eu acho que em alguns momentos o presidente tem exagerado. Algumas postagens tem causado desconforto na sociedade. Mas ele não inventou agora essas condutas.”... Ah, que meigo.

RODAPÉ - Esse mesmo Alcolumbre já sinalizou que ''não há a menor possibilidade de sair a CPI da Lava-Toga''. Vá ser cauteloso assim lá nos quintos do inferno, onde qualquer lheguelhé pode fazer o diabo sem medo de ser feliz.  

04.
OLHA SÓ O QUE A FALANGE MALEDETTA FEZ

Lindbergh Farias pode ser hoje o primeiro favorecido pela recente decisão do Supremo que encaminha à Justiça Eleitoral as investigações sobre corrupção.

A Segunda Turma do STF decide hoje se derruba uma decisão de Edson Fachin que no ano passado enviou para uma Vara comum o inquérito no qual Lindbergh é acusado de receber R$ 4,5 milhões da Odebrecht em 2008 e 2010 em troca de contratos junto à prefeitura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Os leguleios de Lindinho sustentam que era somente caixa 2, sem qualquer contrapartida. A PGR bate pé, reclama e nem quer Malzebier da Brahma: ela entende que se trata de propina. 

Bastaria perguntar para eles, como agora a Lava-Jato vai passar a perguntar para que m alega Caixa-2: Cadê a prova?!? Cadê?!?

Em todo caso, o destino desse processo está nas mãos da Segunda Turma: Edson Fachin, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski.

Nenhum comentário:

Postar um comentário