17 de mar de 2019

PONTOS A PONDERAR

01.
O GOVERNO INVISÍVEL

No Brasil, país de 210 milhões de habitantes,  o crime organizado de gravata e colarinho branco precisa apenas ter um advogado como lobista bem remunerado que contrate ou intimide seis julgadores de poderes supremos. 

Basta meia dúzia, para o crime organizado administrar o país, muito mais do que qualquer governo, mais do que qualquer presidente da República, seja ele quem quer que seja.seja 

02.
A REFORMA
Nenhuma reforma seja a previdenciária, seja a política, seja a econômica, ou a do diabo a quatro é mais urgente ou mais importante do que reforma do Supremo Tribunal Federal.

03.
ARTE E MANHA

Os grandes conglomerados de legisperitos, mais conhecidos pelo codinome de Escritórios de Advocacia vêm des/governando esse País, desde que Zé Sarney - com a morte de Tancredo em 1985 - assumiu a Presidência da República e deu início à chamada ''redemocratização''. 

O Brasil, nas mãos dos tais ''grandes'' advogados é governado por artimanhas e esgaçadas regalias em formato de ''institutos'' como o foro privilegiado, a presunção de inocência, a prisão em última instância, a procrastinação intencional, a prescrição perpétua. 

E foi assim que, em plena democracia, se instalou a dura ditabranda dos jurisprudentes nesse país submetido à Supremacia dos ungidos, sem concurso, sem o devido notório saber jurídico, pelo dedos indicadores da pior safra de presidentes da História do Brasil.

04.
INDA QUE MAL PERGUNTE...
O comércio e a indústria podem usar o Caixa-2, ou precisam de um aval supremo?!?

05.
A CÉU ABERTO
Com essa decisão do Supremo de passar o registro do Caixa-2 para o TSE, a corrupção virou o maior e mais fétido esgoto a céu aberto. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário