23 de abr de 2019

PONTOS A PONDERAR

LULA COM UM PÉ NA RUA
Felix Fischer votou por reduzir a pena de Lula e ficou com a mesma cara. Ele permitiu que Lula desse o primeiro passo fora da cela, na carceragem da PF, em Curitiba. Lula com a pena reduzida, pode sair rumo a Los Fandangos já em setembro.

MAIS UM PASSO
Haja tornozeleira eletrônica. Lula está com dois passos além da cela. Jorge Mussi, rejeitou o pedido de absolvição de Lula. Em compensação, acaba de ''reparar'' a pena do Réu dos Réus... A redução é o segundo passo da grande caminhada do nosso Mao Tse Tung. E assim é que está 2 x 0 pela redução da pena de Lula. 

MINERVA

Reynaldo Soares, presidente da 5ª Turma do STJ é o voto antecipado de Minerva que pode botar Lula na rua. Ele é o terceiro dos 5 votantes do referido superior tribunal. Reduziu a pena do Réu dos Réus, como fizeram os dois primeiros ministreis. 

Pronto, tá feito o carreto. A trinca reduziu a pena de Lula para oito anos e 10 meses, como se fosse força de lei e não uma bela combinação de resultados.

Quando setembro vier... Você pode falar com Lula lá em Los Fandangos, se bem lhe aprouver e se Lula se dignar a falar com qualquer um. Lula, por artimanha jurídica pode voltar ainda este ano, ao seio da sociedade... Mas volta como corrupto passivo, propineiro, comedor de bola e especialista em lavagem de dinheiro

RODAPÉ NOS NOSSOS FUNDILHOS - É assistindo-se a julgamentos como esse em tribunais de instâncias superiores, cheios de pompa e circunstância que se percebe a importância da tal ''estratégia de coalizão pela governabilidade'' criada por FHC e implantada com viperina eficácia por Lula. 

De repente, não há nada mais eficaz para manter o ''mecanismo'' funcionando do que ''aparelhar'' a máquina pública. 

SCRIPTUM POST - Falta agora o TRF-4 julgar antes de setembro, o caso do sítio de Atibaia. Lulalá deve pegar então mais 12 anos e cacetada de cadeia. Assim, não terá tempo de se misturar de novo com a sociedade, antes mesmo de se ressocializar; antes mesmo de pagar a sua dívida para com os brasileiros do bem e para com os cofres públicos que arrombou e deixou arrombar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário