1 de jun de 2018

QUINTA-FEIRA DE CORPUS PRESENTIS

Sem mais o que fazer na faustosa vida de escorraçada do Palácio do Planalto, Dilmandioca Sapiens foi passar a quinta-feira de Corpus Presenti na cela de Lula - O Bom Ladrão. 

Na saída - deixaram-na sair - disse que discutiu com o presidiário condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, a "destruição da nossa estatal". 

É assim que eles falam da Petrobras. "Nossa"...

"Nossa", uma privica! Bem que vocês tentaram, mas a Polícia Federal não deixou. 

O que a Mulher Sapiens não disse é que a destruição da Petrobras começou com a instalação da quadrilha de arrombadores que Lula escalou como operadores lá dentro. 

Ela também não disse nada sobre o rombo de mais de R$ 2 bilhões que ela abriu, quando ainda no governo de Lula, ela presidia o Conselhão da Petrobras e assinou 'sem ler direito' a compra da sucata daquela refinaria de Pasadena, no Texas.

Perguntada pelos simplórios repórteres setoristas de cadeia se ela seria candidata em outubro, Dilmandioca fez gracinha, e quase cantou Chico Buarque: "Estou me guardando para quando o Carnaval chegar". 

Gracinha idiota, a eleição é em outubro e o Carnaval só chega no Brasil em fevereiro do ano que vem. Dilmandioca é um atraso até quando resolve ser piadista.

Em todo caso, quando o Carnaval chegar, Dilma - A Graciosa, deve desfilar no Bloco das Bruxas. Não precisa perder tgempo nem gastar dinheiro comprando fantasia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário