3 de mai de 2018

FALANGE DA SEGUNDONA SE IMPÔE

A luta continua, cumpanheros! No STF,  tudo que diga respeito ao juiz  Sérgio Moro está caindo nas mãos da Falange Malígna da Segundona. Gilmuar, Leviandowski e Toffoliandeandando têm no colo os destinos da Lava-Jato.

STF, O NINHO

Ministros que julgam em causa própria, apenas restringindo  o foro privilegiado, mantendo o seu próprio benefício, declaram-se automaticamente aliados de quem precisa acabar com a Lava-Jato. 

Nenhuma democracia comporta uma Corte de Justiça com tamanho poder de decisão como esse Supremo Tribunal Foderal. 

A Magna Corte virou um ninho de mafagafes com muitos mafagafinhos que só eles mesmos poderiam desamafagafizar se bons desamafagafizadores quisessem ser.

O CERCO A SÉRGIO MORO

Manchete-pressão: "Repercute manifesto de 407 advogados acusando Moro de abuso de autoridade". Sutiã da 'notícia': "Manifesto defende atuação dos advogados Kakay e Diogo Malan". 

O fato: em novembro do ano passado, o Brasil chegou à inimaginável marca de 1 milhão de profissionais da advocacia, segundo dados do Cadastro Nacional de Advogados, da OAB. 

Quer dizer 999.593 advogados estão nem aí para o manifesto desses dois defensores do direito interminável da bandidagem que tomou o Brasil de assalto.

A manchete das entrelinhas é esta: "Repercute o fato de que de 1 milhão de advogados, 999.593 não assinaram manifesto acusando Moro de abuso de autoridade". 

SALAMALEQUES JUDICIÁRIOS

Pois então, Grace Mendonça que é da Advocacia-Geral da União, graças à indicação de Michel Temer, pediu nesta quarta-feira a Luís Roberto Barrosopara incluir na investigação sobre o Decreto dos Portos, os pareceres do Ministério dos Transportes que atestam a sua legalidade. 

Até parece que aquela pasta não foi montada pelo próprio Temer, objeto central da investigação. Temer é acusado - injustamente, pobre ingênuo - de ter editado o tal decreto para favorecer empresas que dominam os negócios no porto de Santos.

TEMER VIVE

Temer disse ontem numa embolada coletiva andante que não se incomodou com as hostilidades no local do desabamento. E por que ele se incomodaria? Foi até um sinal de que ele existe, pô.

PGR DENUNCIA MAGGI

A Procuradoria-Geral da República - Ah, essa Dodge parece até o Janot! - denunciou Blairo Maggi por compra de vaga no Tribunal de Contas do Mato Grosso. Besteira, pô! Ele só fez o que FHC inventou e Lula deflagrou: usou a 'estratégia de coalizão pela governabilidade', codinome para 'aparelhamento' da máquina pública. No popular, seria "O que você quer para 'trabalhar' pra mim?". Isso, todo mundo faz. Até a Raquel Dodge foi indicada por Temer, né não?!? Só que com ela, o golpe não vem dando certo para o presidente-Tampax.

FILME ANTIGO

O governo prometeu liberar recursos para as vítimas do desabamento no Largo do Paissandu, em São Paulo. Ah, tá. Esse filme a gente já viu. 

Mais de 80% vira fumaça de novo nas bocas de fumo. O Brasil precisa ter é uma política eficiente de habitação. Essa coisa do Minha Casa Minha Vida é lorota: monta construções baratas em lugares distantes da cidade, longe das oportunidades que os grandes centros oferecem. À margem da vida. Esse filme não acaba bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário