4 de mai de 2018

DA ROMARIA DA PERERECA PÁLIDA
A UM NOVO CISMA NA IGREJA CATÓLICA

Cada vez mais algariada, a espevitada Gleisi, a Perereca Pálida andou convocando os fiéis lulistras para uma romaria a Aparecida, no próximo dia 20. 

A Perereca Pálida que anda aos pulos e fala pelos cotovelos de Lula, disse que seria para “expressar nossa fé e pedir pela liberdade de Lula”.

O Santuário Nacional de Aparecida, pererecou em seguidinha e tascou logo uma nota sobre a ideia de jerico da Perereca alvoroçada que fala pelo e para o PT. Taí o puxão de orelhas na pecadora: 

“O Santuário é um espaço sagrado que acolhe todos os filhos e filhas de Nossa Senhora Aparecida, sem distinção. Da mesma forma, também é uma casa que se coloca contra toda e qualquer utilização do seu espaço para fins políticos ou ideológicos”.

E assim é, pois, que resta agora à Perereca Pálida, convocar os fiéis adoradores luláticos para a mesma romaria de sempre dos mortadelas. 

Ficam, pois, todos convidados para a romaria do dia 20, ao altar-mor da carceragem da PF, em Curitiba, o Santuário do Desaparecido. Levem documentos, para não serem todos confundidos com malandros, desocupados e baderneiros.


RODAPÉ – Se Gleisi, A Voz do Dono, não gostar da atitude dos coordenadores do Santuário da Aparecida, resta-lhe que vá se queixar para o bispo aquele da missa profana em São Bernardo do Campo, ainda então nos derradeiros dias de liberdade do Lula e já aproveite para levantar um cisma na Igreja Católica. Dirá com a sua notável e desvairada voz do dono que é uma boa causa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário