12 de fev de 2019

DUELA A QUIEN DUELA, O: NO CRÉO EN BRUJAS...

Como diria o filósofo das Alagoas, Fernandinho Beira-Collor, mellando espanholadamente toda e qualquer força em contrário fosse lá ao contrário do que quer que fosse: "Duela a quien duela''... 

Podem espernear, torcer a favor se forem bolsonaristas, ou contra em sendo lulopetistas, mas eu só boto fé na Operação Lava-Jato. 

Que reforma previdenciária, qual o quê?!? Que reforma econômica, qual o quê?!? Que reforma política, qual o quê?!? 

Duela a quien duela, estou pra lá de convicto de que só a Lava-Jato, com o reforço do projeto anticrime do Sérgio Moro, pode acabar de fato e de direito com a pior síndrome do mal e do pior que contaminou esse país: a corrupção que colocou o crime organizado no lugar do Estado brasileiro.

Bolsonaro que me perdoe, mas afora a Lava-Jato, e o projeto anticrime do Moro, no créo en brujas... Pero que las hay, hay. Bolsonaro vai ter que provar que las hay... destruiendolas para siempre, amén.

Nenhum comentário:

Postar um comentário