9 de abr de 2019

PONTOS A PONDERAR

01.
O RATO

No bilhete de primeiro aniversário enjaulado, Lula estava uma fera e escrevinhou para a sua coluna no jornal Folha de S. Paulo: "Não quero ser um rato solto'". Não é questão de querer. É ser. E, pelo que escrevinhou, Lula quer continuar sendo o rato preso. Taí, essa ideia me agrada.

02.
O SUPREMO E A LAVA-TOGA

O senador, delegado Alessandro Vieira diz que ministros do Supremo estão interferindo na criação da CPI da Lava-Toga. E assim como quem não quer dizer nada, avisa: ''Precisamos discutir a relação do Toffoli com o Banco Mercantil e do Gilmar com o Bradesco". 

Ah, o que será que ele quis dizer com isso?!?

03.
DELAÇÃO ANUNCIADA

Dizem que o rascunho da desejada delação premiada de Eduardo Cunha, antigo proprietário da Câmara de Deputados, já está nos capítulos finais. 

E ele mandou dizer para Rodrigo Maia, o atual dono do pedaço que "tem um capítulo só seu na minha delação". Cunha só não disse se nesse capítulo o Maia é bandido ou mocinho. O que é que você acha?!?

04.
A EMENDA E O SONETO

Davi Alcolumbre parece que não gostou muito dos narizes chimbés do STF para a CPI da Lava-Toga. E mandou um recado para a Grande Corte: "Respeitem o Senado!". 

Vai ver que vem aí a CPI da Lava-Toga. Essa emenda pode sair pior que a encomenda e bem pior que o soneto. O mais provável é que vire salvo-conduto pra todo mundo. Menos pra sociedade, é claro.

05.
CPI x IMPEACHMENT
Sabendo, como sabem que CPIs acabam dando em nada, já há senadores querendo trocar a CPI da Lava-Toga pelo impeachment de Gilmuar. Entre a lavagem daquelas togas e o impeachment de Gilmuar, eu prefiro as duas.

06.
SOBRESSALTO
Perto ou longe de um microfone ou holofote, o general Mourão é o sobressalto diário do governo Bolsonaro. Para o bem ou para o mal.

07.
PRÉ-SAL
O governo Bolsonaro decidiu: 70% de recursos do pré-sal vão para estados e municípios. Preso por corrupção e lavagem de dinheiro, Lula vê escorrer de suas mãos mais uma mina de ouro alimentadora do singelo Caixa-2 de suas campanhas.

08.
A VENEZUELA FOI AQUI

Venezuela teve um fim de semana de protestos contra e a favor de Maduro. Aqui, o Brasil parecia essa Venezuela das vozes roucas das ruas: pessoas mobilizadas a favor da Lava-Jato e outras quase tantas contra a prisão de Lula. 

Na realidade, as primeiras queriam a prisão dos corruptos e ladravazes do Brasil; as quase tantas outras queriam e querem o PT livre, leve e solto novamente.

09.
TRANS ESPORTE

Transporte o problema de atletas trans das quadras de esporte para o plenário da Câmara federal: em Sampa, o deputado republicano, Altair Moraes quer limitar a presença de transexuais no esporte. 

Ele apresentou na Assembleia Legislativa de São Paulo, um projeto de lei que estabelece o sexo biológico como o único critério para definição do gênero dos atletas. 

Quer dizer, ''futebol é pra homem'', mas a Marta que é mulher e não é trans, joga um bolão. Já o Rodrigo que virou Tiffany no vôlei feminino...

10.
MAIA RETIRA-SE DA ARTICULAÇÃO POLÍTICA DA
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

O cômico fofucho Rodrigo Maia tem uma veia de sofrível senso de humor. Ele agora decidiu se afastar da articulação para a tramitação da reforma da Previdência. Ele avisou neste início de semana que não tem mais “condições” de ser um articulador político.

Maia andou trocando farpas com o presidente da República, Jair Bolsonaro. Maia diz agora que os “ataques” que sofreu davam a entender que ele queria se favorecer de alguma forma dessa articulação e, por isso, decidiu se afastar. 
Ele disse lamuriosamente ainda que se ''resignou ao seu papel institucional'' na tramitação do projeto. E queixou-se amargamente:
“Agora, estou mais fechado, porque me colocaram no meu papel institucional''. E cutucou Bolsonaro, uma vez mais, a título de retirada estratégica: "Não falo mais de prazo, nem de voto. Aliás, falar disso, atrapalha o governo”.'
RODAPÉ - Sabe o que é?!? A tradução do vocábulo ''articulação política'' não soa com o mesmo tilintar no Congresso e no Palácio do Planalto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário