8 de mar de 2018

UM CHOQUE DE JUSTIÇA

Aconteça o que acontecer, em tudo e por tudo; por Gilmuares e assemelhados supremos soltadores de bandidos; pela flacidez e condescendência das leis brasileiras para com quem pode e se sacode, me dou ao desplante de premunir que o pior que o Caso do Tríplex reserva para Lula é o uso compulsório de tornozeleiras eletrônicas. 

Dificilmente Lula dormitará numa dessas suítes tipo motel colorido que a bandidagem condenada pela Lava-Jato desfruta com o beneplácido das direções dos presídios. Lula, no máximo, será portador de tornozeleiras.

E então, sonharei com sua distração e, num dia de calor, inadivertidamente ele tomará por 31 minutos, um banho de água fresca, na maravilhosamente clara água, no lindo lago do amor no Sítio de Atibaia... Com a bateria do justiceiro adereço ligada! 

A isso é que se poderá chamar de um verdadeiro choque de justiça.

RODAPÉ - Essas drogas de tornozeleiras eletrônicas são boas demais: elas permitem ao monitorado tomar um banho de piscina de até 30 minutos, sem sair do radar e sem sair desta para a melhor. Conto com a distração de Lula.

INDA QUE MAL PERGUNTE...
Como é que um homem olha para sua canela, vê uma tornozeleira eletrônica e não morre de vergonha?!?

Nenhum comentário:

Postar um comentário