4 de mar de 2018

DEPOIS DE LULA NA CADEIA VEM O EFEITO DOMINÓ

O que atormenta o Congresso Nacional, a Esplanada dos Ministérios e a velhacaria toda portadora de foro privilegiado não é nem de longe a prisão de Lula. 

A grande ameaça que apavora essa pandilha de sevandijas é o efeito colateral: depois de Lula na cadeia vem o efeito dominó pra cima dos muito mais de 300 picaretas que estão sendo investigados pela força-tarefa da Lava-Jato. 

Lula na cadeia não encerra a Lava-Jato. A Lava-Jato é que vai começar a encerrar o crime organizado que tomou de assalto o Estado.

METAMORFOSE DO LULECO

Se Lula é, como ele diz, 'um pedaço de célula' de cada um de nós, então ele deixa de ser o presidiário Luleco para ser o Lucélula Ambulante. 

MORO DESCARTA FALAR SOBRE "GENTE PROCESSADA"

Durante evento nos Estados Unidos, o juiz Sérgio Moro foi questionado por repórteres sobre as 'declarações' de Lula ao jornal cumpanhero Folha de S. Paulo. 

Moro foi duro e dez: "Não respondo a entrevista de gente processada". 

E não quis tripudiar. Poderia ter dito que não responde principalmente quando o processado já é um condenado por dois tribunais em um só de meia dúzia de processos, a 12 anos de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário