31 de mar de 2018

CASOS DE POLÍCIA

SOMOS OS IMBECÍS PREFERIDOS, MAS LULA E TEMER SÃO DOIS CASOS DE POLÍCIA

Vamos combinar de uma vez por todas que aqui, afora os membros das respectivas quadrilhas, ninguém é imbecil. 

Os casos de Lula e Temer - o Triplex e as docas de Santos - são casos de Polícia. Corrupção passiva, propina, lavagem de dinheiro são práticas de políticos que já deveriam estar há muito tempo na cadeia. 

Corrupção, propina, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, tudo isso é cacoete de bandido, de delinquente contumaz, de facínora, de malfeitor de máscara pública ou privada. 

Não há nada de bandidagem no triplex do Guarujá que não caiba nas docas muito bem despachadas do porto de Santos. 

Nem há nada que não caiba no prédio de um instituto, num sítio em Atibaia, nos escombros de uma obra no exterior, numa conta de laranja em Portugal ou no raio que o parta, que não caiba no escurinho do Palácio do Jaburu, nas empresas do laranja Lima, nas docas de outros portos, nos corredores de importação e exportação.

Lula quer ser o primeiro presidente com o carimbo oficial de ficha-suja da História do Brasil; Temer quer continuar presidente elegendo-se com 1% do eleitorado. Um e outro já nos elegeram como seus imbecís preferidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário