21 de mai de 2019

PONTOS A PONDERAR

MORRE NIKI LAUDA
Morre, aos 70 anos o piloto austríaco tricampeão mundial de Fórmula-1, Niki Lauda. Convivia com sérias complicações respiratórias e renais. Morreu um pouco daquela acidente em que ficou todo queimado para o resto da vida.

A BARRAGEM E BARÃO DE COCAIS
Ameaça iminente de desabamento da barragem de mineração que vai inundar a cidade de Barão de Cocais, em Minas Gerais. Aí, então aparece um daqueles professores suprassumos em assuntos de alagamento que os repórteres sempre descobrem e diz que "a barragem 'pode' não desabar''. Ah, tá... Então ele que se mude pra lá.

CAIXA-PRETA DAS AÉREAS
E quando é mesmo que vão abrir a caixa-preta das aéreas?!? Quem liquidou a Varig?!? E a Vasp; e a Transbrasil?!? O que são hoje a GOL e a TAM?!? Por que a Azul não decola?!? Aonde vai parar a Avianca?!? Quem, além dos governos que temos tido, controla e dá mais prejuízo para as empresas aéreas?!?

POSSE E PORTE DE ARMA

Sempre tive pavor de arma. Em razão disso, em 1958 fui ''o melhor tiro'' do 1º Batalhão do 9º Regimento de Infantaria, onde servi por um ano compulsoriamente ao Exército. 

A fobia pelo mosquetão Mauser, um fuzil sobra-de-guerra, me fez caprichar na mira de tal forma que eu não precisasse repetir nenhum disparo, além dos obrigatórios daquela competição classificatória para o campeonato brasileiro do Exército que seria realizado em Santa Maria da Boca do Monte. 

Consegui ser dispensado da disputa, ao explicar ao general Villasboas, então comandante do 9º RI - que minha precisão era movida por medo e ojeriza às armas. 

Apesar da violência que hoje faz da vida no Brasil uma grande e perigosa aventura, sou contra a posse e o porte de armas. É por instinto de preservação: eu não gostaria de levar comigo pelo resto da vida o peso da morte de quem quer que seja, bandido ou mocinho. Num confronto com um assaltante, eu hesitaria... e ele seria mais rápido. 

O GOVERNO
De tanto que só se fala nisso, às vezes chego a pensar que a tal reforma da Previdência é só um ponto de referência, uma espécie de chamariz para atrair a atenção dos adversários políticos, enquanto o Bolsonaro governa o que tem que governar: educação, saúde, custo de vida, emprego, segurança pública, mobilidade urbana, qualidade de vida... Confesso; às vezes chego a pensar que é isso mesmo...

DISTRAÇÃO FATAL
A gente se distraiu e olha só no que deu: o Brasil está nas mãos de um presidente eleito por repulsa ao PT e suas desastrosas circunstâncias e ao bel prazer de um Dias Toffoli, um Alcolumbre e um Rodrigo Maia. Típica distração fatal.

ROLETA
É tanto assalto a banco e tanta explosão de caixas eletrônicos que toda vez que ultrapasso a porta giratória de uma agência bancária, sinto que entrei numa roleta russa.

JUSTIÇA SEM ROSTO
No Rio de Janeiro foi criada uma Vara Especial para cuidar do crime organizado. Já pode começar atacando as instituições públicas que ''estão funcionando''.

ELE DISSE
Bolsonaro ontem, na Firjan - Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, bancou o profeta do acontecido: ''O Brasil tem tudo para ser um grande país. O problema é a classe política". Está pra lá de certo. Disse o óbvio ululante. Disse o que todo mundo sabe. A diferença é que ele foi desassombrado; teve coragem: ele disse.

PRISIONEIRO DA PAIXÃO
Vai ser lindo de se ver... Lula apaixonado, com aliança na mão esquerda e uma tornozeleira na canela direita.

FURADA
Essa marcha ''Domingão do Faustão'' é a maior furada. Bolsonaro é presidente, não precisa de campanha eleitoral. Ele não precisa de cartazes tipo assim ''Bolsonaro-Livre''. Isso é coisa para corrupto preso.

APTAS A RAINHA
No jogo de xadrez, Lula conta com três damas prontas a virar rainha: Rose, Gleisi e Rosângela. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário