28 de abr de 2018

55 MIL PORTADORES DE FORO PRIVILEGIADO

Levantamento concluído recentemente revela que 55 mil 'autoridades' têm foro privilegiado nesse país.

O Supremo Tribunal Foderal estuda agora restringir acesso ao benefício para políticos que cometerem crimes. 

Ahããn! Então basta restringir o foro privilegiado às tais 55 mil 'autoridades'. E assim será então que nessa alegoria seremos 'todos iguais perante a lei'. 

Restrição ao foro privilegiado é uma forma muito mais canalha de desigualdade social: a população será subalterna desses portadores de vantagens acima da lei e da ordem.

No dia em que houver apenas um habitante dessa terra descoberta por acaso por um Cabral que se perdeu com as índias daqui, antes mesmo que a Primeira Missa fosse celebrada, ainda assim não seremos 'todos iguais perante a lei', como manda a Constituição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário