20 de mar de 2018

INOCENTES DE JUNGMANN
Nunca antes na história desse país o Exército foi tão inocente útil quanto nesse golpe fardado de intervenção no Rio de Janeiro.

SARKOZY DETIDO NA FRANÇA
O nanico ex-presidente francês, Nicolas Sarkozy está detido, prestando depoimento à Justiça acusado de uso ilegal de dinheiro da Líbia para financiamento da sua campanha eleitoral. Sarkozy é aquele mesmo baixinho que quase fez aquele negócio de mais de R$ 22 bilhões dos caças franceses com  Lula. Ah, sim... Sarkozy é torcedor do Paris Sainte-Germain. Mas, esse é o seu único lado bonzinho.

GRAVE
Gilmuar Mendes, sobre o recurso de Lula: "Não julgar habeas corpus é grave". Pô, grave é o Brasil ter um Gilmuar Mendes no STF.

CASO MARIELLE
Governo avalia oferecer R$ 100 mil por informações sobre os assassinos. Tradução: o governo tá perdidinho da Silva. A 'inteligência' da intervenção tá com Alzheimer.

TROPA DE CHOQUE DO STF DISCUTE 2ª INSTÂNCIA

Pois, à revelia dos desejos de Cármen Lúcia, a tropa de choque do STF se reúne nesta terça-feira obesa de malandrangens, para 'discutir' a prisão após condenação em segunda instância. 

O tema interessa a todos e quaisquer clubes de advogados graciosos, mas especialmente, diz respeito a Lula - condenado a 12 anos e um mês de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro.

Na já antiga segunda-feira passada, Cármen Lúcia disse à Rádio Itatiaia, de Minas, que a reunião desta terça foi solicitada pelo decano-moita: "O que tem de concreto é que o ministro Celso de Mello me disse que seria conveniente nós conversarmos. Não é nem reunião formal, não fui eu que convoquei, mas é comum a conversa acontecer."

É bom que todo mundo fique sabendo: Cármen Lúcia reafirmou que não vai ceder a pressões e não vai pautar as ações que tratam do assunto.
IN MEMORIAN
Que não se deixe morrer esse assunto... Por que o STF decidiu, em 2016 - há apenas um ano e meio - que réu condenado em segunda instância pode ser preso?!? 
Simples: porque a sociedade já não aguentava mais a impunidade para os corruptos mais poderosos desse país. 
A sociedade já não suportava mais a humilhação de ver a Justiça sucumbir diante do poder da politicalha, da mais alta cretinalha brasileira para contratar os maiores, melhores e mais influentes advogados que impediam e impedem ainda que os processos sejam concluídos na última instância. 
Essas instâncias posteriores à segunda, só podem ser alcançadas por clientes mimimilionários que levam o direito, a justiça e a ordem na conversa até que seus crimes prescrevam. 
Só por isso. E é só isso que a tropa de choque do STF está 'debatendo' hoje numa reunião à revelia da presidência da própria Corte.
Vejam só o perigo que corre um país que tenha, encravada no coração da sua democracia, um organismo de tamanho grau de moléstia a corroer sua existência. Em nenhuma democracia desse mundo cabe um tribunal com o peso, o poder e a periculosidade de um tribunal supremo como esse que debocha do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário