29 de mar de 2019

PONTOS A PONDERAR

LOS FUBANGOS, SEDE DE UMA GORDA TERÇA-FEIRA DE CINZAS

Terça-feira que vem tem tudo para ser de cinza... O Sacro Império Supremo se junta para julgar mais um dos recursos de Lula. Este apelo é contra a sua condenação no caso do triplex do Guarujá. 

A turma de pequenos imperadores do Brasil já se armou para tratar de dois pontos a ponderar: 1°) a dosimetria da pena;  2º) a lavagem de dinheiro. 

No primeiro ponto, decerto os suprassumos irão ponderar que 12 anos é tempo demais para tão ilustre apenado. 

No segundo ponto, hão de ponderar não sobre se o delinquente é ou não é um lavador contumaz de dinheiro; ponderarão decerto que os juízes dos dois tribunais que condenaram Lula, o puniram indevidamente, posto que atrelaram lavagem e corrupção e isso não pode: isso seria dupla condenação. 

Moral da história: se consumada essa brilhante conclusão, vai ser mais uma vitória retumbante do Direito formal sobre o Direito moral. 

E então ficamos combinados: dupla condenação não pode. O que pode é o salafrário ser corrupto e lavador de dinheiro a vida inteira. 

E assim é que, assim sendo, com o encolhimento da pena, Lula conquistará o sagrado direito de gozar uma aprazível prisão domiciliar. Ao que tudo indica, no Los Fubangos, seu sítio alternativo - futura sede da presidência de honra do PT. 

Aguardemos pois, a terça-feira que vem. Ela tem tudo para ser uma gorda terça-feira de cinzas. E assim se há de saber que a Justiça no Supremo nem sempre tarda, mas sempre pode falhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário