3 de jun de 2018

CHORO LULISTRADO: VÃO SE QUEIXAR PARA GILMUAR, O CATÁRTICO ABOLICIONISTA

Choro da esgotosfera lulistrada estarrecida: "Lula preso sem provas há dois meses e Paulo Preto solto, com 113 milhões na Suiça". 

"Sem provas", uma ova! O ônus da prova está nos autos do processo que, em dois tribunais - um singular e outro colegiado - botou Lula na cadeia, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

A baboseira da 3ª instância e do Supremo é só por pura formalidade. Ninguém mais precisa de mais provas do que já tem. E isso é só no que se refere ao triplex do Guarujá. Lula ainda tem, já caminhando e andando nas devidas Varas da Justiça, umas continhas para pagar:

01) Sítio de Atibaia - uso, abuso, reformas, adegas e o escambau;
02) Prédio do Instituto Lula;
03) Propina de R$ 20 milhões para Taiguara Rodrigues, sobrinho querido;
04) Dinheiro para o filhote caçula, mecenas do futebol americano;
05) Mesada da Odebrecht para o mano Frei Chico;
06) Os R$ 10 milhões da conta "Amigo" na Odebrecht;
07) A propinagem do cartel das empreiteiras;
08) A descriminação das palestras pelo Instituto Lula;
09) Mesada de R$ 50 mil da Odebrecht para Paulo Okamoto;
10) Apartamento de R$ 500 mil em São Bernardo.

Há quilos e monturos de provas que a Justiça não precisa mostrar para ninguém; basta que as mantenha no bojo dos autos e, baseda nelas, tasque-lhe mais cem anos de prisão, posto que aquela história de perdão para quem rouba de ladrão não passa de conto da Carochinha.

RODAPÉ - Quanto à libertação cretina do bosseiro-ameaçador Paulo Preto, operador da tucanagem, a esgotosfera precisa cobrar é do Gilmuar Mendes - O Catártico Abolicionista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário