9 de jul de 2018

O MAU EXEMPLO VEIO DE CIMA

O Superior Tribunal de Justiça foi atingido ontem por uma tempestade de 146 pedidos para tirar Lula da cadeia. 

É o efeito Falange-2 do Supremo. 

A vassalagem moleque da Trinca Maléfica - Lewi, Tof, Gilmuar - e seus lacaios de ocasião, é que abriu essa avalanche de desrespeito à lei, à justiça, à ordem e a tudo quanto já foi decidido pelo próprio Supremo Tribunal Foderal. 

UM CORRUPTO QUE ESCAPOU DA CADEIA

Há uma baderna organizada pelos falangistas da 2ª Turma do  STF para tirar da cadeia um corrupto especialista em lavagem de dinheiro, condenado por nada menos de 15 juízes, em dois tribunais, um singular - a 13ª Vara de Sergio Moro, em Curitiba e outro colegiado - o TRF-4, em Porto Alegre. 

Lula solto não quer dizer outra coisa do que senão a verdade de que será apenas um corrupto lavador de dinheiro que escapou da cadeia. 

Os ministros supremos que fazem de tudo para blindar o criminoso, consagram-se assim, como delinquentes também E tão perniciosos quanto a bandidagem que protegem, usando as leis para burlar as leis. 

NA DELEGACIA
O STF foi criado para defender a Constituição. Casos como o de Lula devem ser resolvidos na delegacia de polícia mais próxima. Corrupção e lavagem são casos de polícia.

MUDANÇA NO STF

A primeira coisa que precisa acabar é essa divisão do STF em duas turmas, criadas em nome da lisura e da agilidade processual. Todos os casos devem ser julgados em plenário. Ponto final. 

A segunda coisinha: é a duração do mandato de cada um deles. Deve durar o tempo exato que durar o mandato do presidente de plantão que o indicou. 

Se o prazo de validade já está vencido, como nos casos dos afilhados de Sarney, Collor, FHC, Lula e Dilma, faça-se um concurso público para quem possa demonstrar notório saber jurídico e reputação ilibada. 

O mandato desses novos senhores de engenho e artimanha passaria a contar a partir de janeiro do ano que vem e terminaria quando acabasse o reinado do próximo presidente. Alexandre de Moraes pegaria carona com o novo presidente.

A terceira coisinha de nada é que se deve começar a pensar em acabar de uma vez por todas com essa supremacia de 11 luminares de alta periculosidade para a lei, a ordem e a justiça de um país com mais de 206 milhões de cidadãos comuns. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário