20 de jul de 2018

O PRESIDIÁRIO

Lula, articulista do jornal Folha e S. Paulo: "Parece que não bastou me prender. Querem me calar". 

Tira-se daí, duas simples deduções, uma certa e outra errada. 

Uma, não bastou prender mesmo: ainda há muitas condenações pela frente. 

E a outra, ninguém quer calar Lula coisa nenhuma; todo mundo quer mais é que ele fale. Que ponha a boca no trombone. Que diga o que fez e o que sabe.

A ARMAÇÃO

Aquela jogada do Favreto foi só uma armação para pegar o pé de Sérgio Moro. Os luláticos precisam se livrar do seu algoz. 


Ainda têm atravessada na garganta aquela gravação jogada por Moro na pá do ventilador em que Dilma oferecia um ministério como rota de fuga para Lula. 

E agora, nesse golpe do plantão, Moro uma vez mais impediu que Lula mostrasse que o crime compensa. 

O PT que já cavou a própria sepultura mentindo que Lula é candidato, agora enterrou mais ainda a chance de Lula continuar se fingindo de perseguido político. 

Lula é mesmo um presidiário, cumprindo 12 anos de cadeia por corrupção e lavagem de dinheiro. Por enquanto... Para além desse caso do triplex, a Justiça tem café no bule em mais seis processos cabeludos contra Lula.

ELEIÇÃO 2018

Não reeleja! Vote em cara nova. Eleja quem ainda não tenha sido eleito. É que assim desmancha-se parte, grande parte da quadrilha instalada no Congresso e no centro do poder.

Ao não reeleger ninguém, bagunça-se o crime organizado. Começa-se a formar um  Congresso desfalcado de 'padrinhos' dos 11 ministros do Supremo Tribunal Foderal. Os luminares da Falange Maléfica do SRF ficam desprotegidos e sem respaldo. 

O STF é o abrigo dos que têm foro privilegiado: o presidente da República, deputados, senadores e uma enorme caterva subjacente. 

O presidente de plantão indica quem deve preencher a vaga na Magna Corte; o Congresso dá o amém e assim, amanhã ou depois, quem os julgará serão exatamente aqueles que foram por eles apadrinhados. 

Esse é o esquema de coalizão pela impunidade. O STF, último guardião dos portadores de foro privilegiado, é a garantia de que o crime organizado compensa. 

Nesta eleição, pode-se reduzir a menos da metade o poder de fogo e de barganha dessa pandilha de sevandijas. 

Nesse outubro, não reeleja ninguém. Nem os parentes das suas lavadeiras. Pode ser o começo do fim dessa cretinalha.

O PRAZER
A culpa é o mais íntimo prazer dos que perguntam: "Cadê as provas?!?".

O PROVA AMBULANTE
Lula é o Prova Ambulante. Ele foi preso como prova em contrário de tudo que seu Clube de Advogados Graciosos alega.

O JEITO LULA
Em janeiro de 2003, quando o PT assumiu o governo instalou o crime organizado no lugar do Estado. É com esse 'jeito Lula de governar' que, desde então, 'as instituições estão funcionando'.

JÁ VÃO TARDE
Luiz Estevão e Geddel vão para a ala de segurança máxima da Papuda. São os velhos rebeldes sem causa dessa geração de ladravazes.

COMPENSA
Essa eleição tá numa geléia-geral de tal porte que, decerto, o creme compensa.

O REFÚGIO
A Falange-2 do Supremo Tribunal Foderal é o derradeiro refúgio da impossibilidade de se fazer Justiça nesse país.

DE OUVIDO
O pior é que nós, brasileiros, conhecemos a democracia só por se ouvir dizer o que ela é. Diga-me: democracia é isso mesmo?!?

ELEIÇÃO HE-MAN
Só na hora em que fraudam as eleições é que se conhece realmente que os governos têm a força.

INDA QUE MAL PERGUNTE...
Você tomaria vacina contra a febre amarela com o Doutor Bumbum?!?

BROCARDO
In vino veritas. In pinga Lula. Quer dizer um brocardo de cana faz falta para um condenado.

APARELHAMENTO
O número dos que trabalham na máquina pública não chega nem a 20%, mas 100% estão com o salário em dia.

FALANGE DO MAL
Para os falangistas do STF a Constituição é como a Tábua dos Dez Mandamentos: ela manda, mas ninguém obedece.

FURIOSA
A Gleisi, Perereca Pálida é notável: fica furiosa quando a imprensa publica exatamente o que ela disse.

A VAIA E O TAPA
Uma coisa é a vaia, outra é o tapa. A vaia é geral; o tapa é pessoal. Nos dois casos você se sente ótimo por perder a compostura.

ALMA LEVIANA
Nos governos desse Brasil Jaburu da Silva, ninguém tem a consciência pesada pela roubalheira desenfreada. Dinheiro não pesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário